Porto Velho/RO, 13 Setembro 2020 07:39:34
Geral

RO passa solucionar crimes e casos de desaparecimento com comparação genética

O Banco Nacional de Perfis Genéticos é uma importante ferramenta para a elucidação de crimes.

A- A+

Publicado: 10/09/2020 às 16h54min | Atualizado 10/09/2020 às 17h13min

Foto: Divulgação

A partir de hoje (10), o estado de Rondônia poderá solucionar crimes e casos de desaparecimento por meio da comparação de perfis genéticos. O estado passou a fazer parte da Rede Integrada de Bancos de Perfis Genéticos (RIBPG) do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) por meio do Instituto de DNA Criminal da Polícia Técnico-Científica (POLITEC), dispondo de tecnologia para compartilhamento de informações com laboratórios de perícia de outros estados e com o Banco Nacional de Perfis Genéticos.

O Banco Nacional de Perfis Genéticos é uma importante ferramenta para a elucidação de crimes. Ele recebe, semanalmente, perfis genéticos de todos os laboratórios integrados e compara casos criminais que estão sendo investigados pelas forças de segurança pública nos estados e no âmbito da Polícia Federal. Atualmente, a Rede Nacional de Perfis Genéticos conta com 19 laboratórios estaduais, um laboratório do Distrito Federal e um laboratório da Polícia Federal.

Para o perito criminal federal e coordenador do comitê gestor da RIBPG, Ronaldo Carneiro, essa integração abre uma nova frente investigativa de solução dos casos para Rondônia, pois “integra o estado a uma rede consolidada que já tem demonstrado vários casos de sucesso nos últimos anos,” afirmou o perito.



Deixe o seu comentário