Porto Velho/RO, 13 Outubro 2021 18:11:08
Polícia

Rondônia é o terceiro estado com aumento de mortes violentas e por motivos fúteis

Os estados com maiores índices são: Rio de Janeiro (232%), no Acre (185%) e em Rondônia (178%)

Por Redação Diário da Amazônia
A- A+

Publicado: 31/08/2021 às 11h53min | Atualizado 31/08/2021 às 11h54min

Foto: Yuri Fragoso/Diário da Amazônia

O número de Mortes Violentas por Causa Indeterminada (MVCI) no Brasil cresceu nos últimos dois anos. Segundo o Atlas da Violência 2021, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, publicado nesta terça-feira (31),  o número saltou de 12.310 para 16.648.

Os maiores aumentos nas mortes violentas por causas indeterminadas foram observados no Rio de Janeiro (232%), no Acre (185%) e em Rondônia (178%).

Já a taxa total de homicídios em todos os estados apresentou queda — com exceção do estado do Amazonas, que teve crescimento de 1,6%. Em 2018, o Brasil registrou 57.956 homicídios. Em 2019, o número caiu para 45.503 — mostrando uma queda de 21,5%. De 2014 a 2019, a queda na taxa de homicídios é ainda maior: 24,8%.

O Atlas de Violência utiliza informações do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) e do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) a partir dos atestados de óbito do sistema do Ministério da Saúde. Os dados mais recentes são de 2019.

Redução na taxa de homicídios

O Ceará foi o estado que apresentou maior redução na taxa de homicídios de 2018 para 2919, segundo o estudo: -51%.

Em seguida ficaram os estados de Roraima, 46,2%, e Rio de Janeiro, com redução de 45,3% de 2018 para 2019.

*Com informações do Atlas da Violência


Deixe o seu comentário