porto velho - ro, 03 Novembro 2019 06:00:52

    JoséLuiz

    coluna

    Publicado: 03/11/2019 às 06h00min | Atualizado 31/10/2019 às 14h26min

    A-A+

    Rondônia no processo de retirada da vacina contra a febre aftosa

    Expectativa positiva       Para o presidente do Fundo de Emergência de Combate à Febre Aftosa (FEFA), José Vidal, todas as..

    Expectativa positiva 

         Para o presidente do Fundo de Emergência de Combate à Febre Aftosa (FEFA), José Vidal, todas as informações que estão chegando do estado do Acre revelam a preocupação dos órgãos fiscalizadores em acompanhar Rondônia no processo de retirada da vacina contra a febre aftosa do rebanho bovino daquele estado a partir de 2020. De acordo com José Vidal, as expectativas são positivas, uma vez que Agência Idaron vem cumprindo o dever de casa somados com a boa vontade dos pecuaristas rondonienses que após a retirada da vacina devem permanecer vigilantes. 

          Patrimônio de R$ 25 bilhões 

        Com a qualidade e sanidade do rebanho bovino de Rondônia, beirando a casa de 15 milhões de cabeças um patrimônio avaliado em R$ 25 bilhões, boa parte do sucesso no campo deve-se a atuação dos técnicos da Agência Idaron e da preocupação dos pecuaristas. O governador, Marcos Rocha olhando para o futuro, principalmente o Mercado Comum Europeu colocou na direção da Agência Idaron técnicos que dominam o assunto, por isso a atuação do órgão vem recebendo rasgados elogios do Ministério da Agricultura. 

         Reativando o barco 

        O governo de Rondônia através das secretarias de Assistência Social (Seas) e Agricultura (Seagri) está reativando o barco para atender as populações ribeirinhas no trajeto pelo rio Guaporé de Guajará-Mirim a Costa Marques. O objetivo é facilitar o transporte de produtos hortifrutigranjeiros e pescado cultivados pelos agricultores ligados  agricultura familiar.  

          Agroindústrias 

        Cerca de 20 agroindústrias de todo o estado estarão expondo seus produtos na próxima segunda-feira(4) na área externa do Centro Político Administrativo (CPA). Na oportunidade serão entregues equipamentos adquiridos por meio do Programa Calha Norte beneficiando atendendo municípios de Rondônia e produtores rurais. 

         Floresta plantada 

        No dia 8 de novembro em Cacoal no Hotel Selva Park, estará sendo realizado pela Secretaria de Agricultura o encontro com objetivo de debater o desenvolvimento da cadeia produtiva de florestas na próxima plantadas, no estado de Rondônia. Os organizadores do evento aguardam a presença de mais de 300 convidados entre produtores e palestrantes. 

        Leitões 

       Um grupo forte de produtores rurais em Porto Velho, agilizam um projeto para criar uma Unidade Produtora de Leitões (UPL) para atender um frigorifico com uma Unidade Terminal de Leitões (UTL) com objetivo de atender o consumo local e os mercados do Acre, Amazonas e Roraima.  

         Está chegando 

        “Centro-Oeste e Rondônia depois de Getúlio e Juscelino” está chegando. De minha parte desejo um bom final de semana e boa leitura. 


    Escreva um comentário

    sobre José Luiz Alves

    José Luiz Alves, é jornalista. Apresenta aos sábados das 6h às 8h na Rede Tv Rondônia! o programa Campo e Lavoura, com informações ao homem do campo e produtores rurais, em cadeia com seis emissoras de rádios para todo o Estado de Rondônia.

    Arquivos de colunas