Porto Velho/RO, 18 Outubro 2021 09:01:42
Diário da Amazônia

Secretário de Agricultura confirma viagem a Rússia

Ao participar do programa “Campo e Lavoura” na rádio Transamazônica, levado ao ar todos os domingos das 6h às 7h, com informações..

Por Redação Diário da Amazônia
A-A+

Publicado: 18/10/2021 às 09h01min

Divulgação

Ao participar do programa “Campo e Lavoura” na rádio Transamazônica, levado ao ar todos os domingos das 6h às 7h, com informações voltadas aos produtores rurais, o Secretário de Agricultura, Evandro Padovani, confirmou o convite ao governador Marcos Rocha que irá participar do III Fórum “IMBRICS” 2021, que será realizado entre os dias 5 e 6 de novembro, no Centro de Exposição “Expofórum”, em São Petersburgo. Trata-se de um evento anual que conta com o apoio do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Federação Russa.

Iniciativa positiva

O fórum receberá convidados de 64 países de todo mundo, no formato de BRICS, que tem como participantes efetivos Brasil, Rússia Índia, China, África do Sul e México parceiros comerciais. De uma maneira ou de outra, pela sua relevância para Rondônia, no ponto de vista de empresários e produtores rurais, há uma expectativa positiva diante desta visita da equipe capitaneada pelo governador Marcos Rocha, que poderá abrirá portas não só para continuar capitalizando os negócios, com a carne, soja, milho, madeira e algodão, assim como, oportunidades em áreas ainda inexploradas.

Para o senador Acir Gurgacz (PDT-RO) presidente da Comissão de Agricultura, no Congresso Nacional, a participação de uma de representação do estado de Rondônia na reunião do BRICS é de suma importância para abertura de novos mercados para os produtos agropecuários, florestais e minerais, junto a todos os países participantes deste evento. Em 2015, o senador rondoniense fez parte da equipe que formalizou os primeiros contatos para aquisição de carne deste estado com a China e Rússia.

A iniciativa do governador, Marcos Rocha acompanhado pelo Secretário de Agricultura, Evandro Padovani e técnicos da SEDI, apresentando os produtos rondonienses além de nossas fronteiras, receberam elogios do empresário, Adélio Barofaldi, que vê nesta ação do chefe do Poder Executivo, um ato importante na direção de abrir novos espaços para futuros negócios. Frisando que estes contatos, podem abrir outras portas neste mundo globalizado, uma vez que a Rússia produz cloreto de potássio, uréia e sulfato, ingredientes que compõem o adubo e fertilizantes.

Na atualidade, a maioria do fosfato e fertilizantes usados na agricultura vem de Israel.

O presidente da Associação dos Produtores de Soja de Rondônia (APROSOJA), Waldir Mazzutti, acentua como um gesto positivo, a visita do governador Marcos Rocha liderando uma equipe com o objetivo de resgatar mercados que foram perdidos no passado, assim como buscar matérias-primas para desenvolver o agronegócio. Na outra ponta da linha, o presidente da Federação de Agricultura e Pecuária de Rondônia (FAPERON), Hélio Dias, taxa como importante à iniciativa do Governo do Estado em partir para o dialogo com outros países, prospectando novos negócios. Rondônia, na opinião dele continua evoluindo na área do agronegócio e estes contatos sempre apresenta bons resultados.

Para o empresário do ramo de frigoríficos, Leonel Bertolin, Rondônia que ao lado de outros estados tornou-se um grande produtor de proteínas, animal e vegetal com certificação internacional, deve nesta oportunidade ampliar seu foco como produtor de alimentos e pela sua posição geográfica. Aduzindo, que não só o Brasil capitalizará divisas, mas o estado de Rondônia e todo o setor produtivo regional.



Deixe o seu comentário