Porto Velho/RO, 17 Novembro 2020 15:48:30
Geral

Secretário explica obras de drenagem em Porto Velho

As obras de drenagem que estão sendo executada entre as avenidas Calama e Rio Madeira estão sob a responsabilidade do Porto Velho..

Por DA REDAÇÃO
A-A+

Publicado: 17/11/2020 às 15h43min | Atualizado 17/11/2020 às 15h48min

Foto: Reprodução

As obras de drenagem que estão sendo executada entre as avenidas Calama e Rio Madeira estão sob a responsabilidade do Porto Velho Shopping, através de um convênio firmado com o município. Com a parceria já estão sendo evitadas as alagações que aconteciam no estacionamento do shopping, devendo resolver o problema também na confluência de duas das ruas mais movimentadas da cidade.
O secretário-adjunto de governo da prefeitura da capital, Devanildo Santana, disse que há anos Porto Velho sofre com problemas de drenagem. Ele afirmou que está sendo trabalhada a solução para esse impasse, mas o resultado será a longo prazo.
“Nesses últimos anos executamos 40 quilômetros de drenagem profunda, em pontos de alagação, mas ainda há muito o que fazer. Muita gente confunde essa informação, achando que estamos falando de drenagem comum, nos locais onde as ruas foram asfaltadas nos bairros. Os 40 quilômetros são em locais que ficavam praticamente intransitáveis durante as chuvas”, adiantou Santana.
Ele explicou, ainda, que foram executadas pelo próximo município obras de drenagem na esquina das avenidas Rio Madeira e Rio de Janeiro. Santana destacou que agora é necessário recuperar alguns pontos do asfalto naquele ponto.
“Um outro serviço executado pela município foi na avenida Mamoré, na zona leste. Estamos falando da segunda maior obra de drenagem na cidade, com quase mil metros de galerias que ligam todo o bairro Flamboyant através da rua Itatiaia”, acrescentou Santana.
De acordo com o secretário-adjunto de governo, a maior obra de drenagem de Porto Velho está localizada à Rio de Janeiro, ligando a avenida até o Orgulho do Madeira. São dois quilômetros de drenagem profunda, que, segundo ele, resolverá o problema das alagações nessa parte da cidade.
“Cidades de primeiro mundo também ficam alagadas durante algum tempo em caso de chuvas torrenciais, mesmo com um excelente sistema de drenagem. Isso acontece porque o sistema possui determinada capacidade, e quando a água excede esse limite demora um pouco para escoar”, finalizou Santana.

DA REDAÇÃO



Deixe o seu comentário