Porto Velho/RO, 03 Agosto 2020 16:42:07
Polícia

Sejus inicia ‘apuração minuciosa’ após dois presos morrerem em fuga de presídio

  A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), por meio da corregedoria, informou na tarde desta segunda-feira (3) ter iniciado uma..

A-A+

Publicado: 03/08/2020 às 16h41min

 

A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), por meio da corregedoria, informou na tarde desta segunda-feira (3) ter iniciado uma ‘apuração minuciosa’ para apurar uma fuga em massa no presídio de Ariquemes (RO). No domingo (2), dois presos morreram e outros dois foram baleados supostamente por tiros disparados pela polícia penal a fim de tentar evitar a fuga.

Ao G1, a Sejus informou que “independente das circunstâncias, a morte de qualquer pessoa não é objetivo da atuação do Estado no cumprimento de suas obrigações”.

 

Fuga em Ariquemes termina com dois presos mortos — Foto: Reprodução

Segundo a secretaria, a corregedoria abriu investigação a fim de verificar as condutas e a realização dos procedimentos de segurança no Centro de Ressocialização de Ariquemes. A apuração minuciosa será sem prejuízo da apuração na esfera criminal.

Fuga do presídio

Onze presos tiveram acesso a área externa do presídio de Ariquemes, no domingo (2), e começaram a pulas as grades de segurança. Toda a fuga foi registrada pelo circuito interno de monitoramento.

Para tentar conter a fuga, a polícia penal atirou e ordenou que os presos voltassem, mas eles não obedeceram.

Segundo a Sejus, quatro presos acabaram sendo atingidos pelos tiros, sendo que dois ficaram feridos e outros dois morreram na hora. Os feridos foram socorridos e levados à Unidade de Saúde para receber atendimento médico.

“A Secretaria de Justiça lamenta que a situação em questão tenha obtido como uma das consequências a morte de duas pessoas privadas de liberdade, haja vista que, independente das circunstâncias, a morte de qualquer pessoa não é objetivo da atuação do Estado no cumprimento de suas obrigações”, afirma a pasta.

À reportagem, a pasta ainda disse que a Equipe de Inteligência da Secretaria e o GAPE trabalham em conjunto com a Polícia Civil e Militar para recapturar os foragidos.

“Por fim, asseveramos mais uma vez o compromisso da SEJUS no cumprimento da Lei, na melhoria do Sistema Penal e principalmente no respeito à dignidade da pessoa humana”, diz em nota.

Fonte: G1RO



Deixe o seu comentário