porto velho - ro, 20 Outubro 2018 01:59:09
Política

Senado realiza nova diligência na BR-319

Objetivo é verificar a situação da rodovia no inverno amazônico.

Por Redação Diário da Amazônia
A- A+

Publicado: 14/01/2018 às 07h20min

O senador Acir Gurgacz, membro da Comissão de Serviço de Infraestrutura do Senado, é autor do requerimento (Foto: Jota Gomes/Diário da Amazônia)

A Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal realiza nesta segunda-feira, 15, nova diligência na BR-319, rodovia que liga Porto Velho (RO) a Manaus (AM). A diligência foi requerida pelo senador Acir Gurgacz (PDT) e tem como objetivo verificar a situação da rodovia no inverno Amazônico, período de intensas chuvas na região e vistoria.

“Vamos realizar a diligência neste período de chuvas para que seja possível a identificação dos locais de alagamento ou até bloqueio de passagem por conta das águas, e para mostrar como fica a rodovia e o escoamento da produção nessa época”, afirmou o senador Acir Gurgacz.

Participarão da diligência representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO), da Polícia Rodoviária Federal e do Exército Brasileiro, além de representantes das federações empresariais, comerciais e rurais (Fiero, Fiam, Fecomércio e Faperon), das associações e clubes de serviço e da imprensa.

Para o senador Acir, a diligência será mais uma oportunidade para se verificar as obras de manutenção da rodovia, as suas condições no período das chuvas, além de avaliar as soluções para a pavimentação do trecho do meião da rodovia, do Km 405 ao 655.

Caravana de jornalistas percorreu 830 quilômetros

Jornalistas do estado relaram o potencial 

Ano passado, jornalistas, empresários, jipeiros e representantes de instituições comerciais e industriais de Rondônia percorreram os 830 quilômetros da BR-319. O objetivo da caravana, segundo o presidente do Sindicato das Empresas de Rádio e TV de Rondônia (Sertero) e diretor da Rede Amazônica de Televisão, Antônio Campanari, foi integrar os meios de comunicação do Estado, através dos jornalistas, para mostrar o potencial social e econômico da rodovia, com foco nas comunidades situadas ao longo da estrada e nas possibilidades de transporte de pessoas e produtos pela BR-319.

 



Escreva um comentário