porto velho - ro, 15 Novembro 2019 21:58:57

    Léo Ladeia

    coluna

    Publicado: 01/10/2019 às 15h37min | Atualizado 01/10/2019 às 15h38min

    A- A+

    Senadores vão em frente com a reforma da Previdência

    Frase do dia “Hoje descobrimos que o procurador-geral queria matar ministro do Supremo. Quem vai querer investir num país..

    Frase do dia

    “Hoje descobrimos que o procurador-geral queria matar ministro do Supremo. Quem vai querer investir num país desse?”. – Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados. 

    1-E agora José?

    Zé de Nana nada sabe de leis, mas é bom de pitaco. Passou por aqui, tomou uma pinga, filou a boia e deitou conversa sobre seu tema principal. Dei corda e ele foi: “Veja, se o homi não quer sair da cadeia deixa. Lá deve tá bom e se sair vai ficar ruim. O homi nunca foi chegado no batente e vai trabalhar de dia e de noite dormir na prisão? Vai ter coxinha querendo tirar foto pra zoar no zap. A saída é o matar no peito e dar um jeitinho. Ou prender Janot com aquela “farmacinha” cheia de goró na mesma cela e largar os dois mamando a “marvada” na largura da boca. Aí quem puder mais que chore menos. Cá pra nós, ia ser uma carraspana da gôta.” 

    2-Dura lex, sed lex

    Achando-se o “ó do borogodó”, aquele preso lá de Curitiba se vê ainda como presidente do Brasil e tenta ditar as normas mas o presidente do TRF-4, Victor SantosLaus mandou a letra pros advogados dizendo que ele desfruta de “regalia” por estar preso em condição especial na PF até porque responde a outros processos e não cabe escolher progredir ou não de regime prisional. O preso anunciou em carta escrita por ele da cela, e lida por seu advogado, que não aceita migrar para o regime semiaberto se houver imposição de condições como o uso de tornozeleira eletrônica. Hora destas o poste vai mijar no cachorro e a gente vai achar normal.  

    3-“Farmacinha”

    Revelar que esteve para matar alguém pode ser doideira, burrice, estupidez, bravata, mas até onde a vista alcança não é crime. Mas guardar bebida alcóolica e beber durante o serviço de forma constante, incentivando subordinados a fazerem o mesmo, creio que é uma falta grave. Mas Janot se aposentou e isso só reflete a fase cirrótica que o país vivia. Até um ex-presidente que acabou sendo preso era chamado de Brahma pelos amigos. Que estrago fez a “marvada”! 

    4-São Francisco no Senado

    Os Senadores vão em frente com a reforma da Previdência mas a luz amarela está piscando. Se o governo não cumprir compromissos assumidos com os parlamentares a votação em plenário adeus. “Agora a água passou do umbigo. Não foi uma ameaça, foi um alerta, a maioria dos senadores dizendo ‘vamos votar hoje pelo Brasil, mas se não acontecer compromissos assumidos pelo governo, não haverá a votação no dia 10’”, diz o Major Olimpio. Em politiquês é “ou dá ou desce” e São Francisco por ali relembrando que “é dando que se recebe”. Amém.

     5-Tá tudo liberado 

    O criativo ministro Ricardo Lewandowski que conseguiu o feito de dividir uma pena em duas partes no impeachment da ex-presidente Dilma Roussef, pediu ao presidente do STF, ministro Dias Toffoli, para julgar no plenário do STF nada menos que 80 habeas corpus que contestam o cumprimento da pena após condenação em segunda instância, uma questão que foi julgada, mas que mantem-se no anedotário jurídico brasileiro como algo que foi, não é, mas que deve não ser, se é que me fiz entender. O ministro concedeu a liberdade nos casos individuais, mas como houve recurso, quer uma decisão definitiva e conjunta. E aí já se sabe o que vai dar ou o que vai não dar, de novo se me fiz entender.  Será que bandido bom é bandido solto? Será? 

     [email protected]

     


    Deixe o seu comentário

    sobre Léo Ladeia

    Leo Ladeia é baiano de Itororó, torcedor do Bahia ou um pau rodado que apoitou por aqui. Começou como radialista na Rádio Vitória Régia aos 55 anos. Apresentou o programa Lendas do Rock na rádio Parecis. Na SIC TV como aqui no Gente de Opinião Léo Ladeia fez de tudo. Astronauta, boy, pintor, poeta e pedreiro. Mutante, gosta de experimentar e de desafios, atualmente Ladeia está trabalhando no Rede TV Rondônia, canal 17,do Sistema Gurgacz de Comunicação.

    Arquivos de colunas