Porto Velho/RO, 01 Setembro 2021 11:42:16
Educação

Senai Rondônia fortalece programa de cursos gratuitos

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), anualmente, destina 72% da sua Receita Líquida de Contribuição Compulsória..

A-A+

Publicado: 01/09/2021 às 11h42min

Foto: Divulgação

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), anualmente, destina 72% da sua Receita Líquida de Contribuição Compulsória Geral para custeio, investimento e gestão, de forma a viabilizar a oferta de vagas gratuitas nos Cursos Técnicos e de Formação Inicial e Continuada, que, na sua maioria, possuem carga horária de média e longa duração.

No período de janeiro a março de 2021, foram realizadas mais de 1,35 milhão de horas-aluno em gratuidade regimental nos cursos Técnicos e de Formação Inicial e Continuada. O propósito é conceder ao aluno a oportunidade de entender a sua área de atuação ou aquela na qual pretende atuar. Claro, considerando o conhecimento teórico (técnico) e prático com os vários profissionais que já atuam no mercado de trabalho. Milhares de pessoas de todo o país já passaram pelo programa e mudaram suas vidas.

Em Rondônia, principalmente nos municípios onde o SENAI dispõe de unidades fixas, as vagas de cursos gratuitos somam perto de três mil, tanto na modalidade Qualificação Profissional, que são cursos de 400 horas – que duram um semestre, quanto para os cursos regulamentados, como os técnicos, com duração de um ano e meio. O SENAI lança o edital de vagas gratuitas nos meses de maio para início das aulas em julho e em outubro para os cursos que iniciam em janeiro.

“Olhamos muito o Mapa do Trabalho, uma pesquisa que a Confederação Nacional da Indústria (CNI) atualiza permanentemente para que possamos tirar dados e decidir quais as áreas serão ofertadas os cursos”, afirma o coordenador de Educação Básica e Profissional SESI-SENAI-IEL-RO, Jair Coelho. “Normalmente, por uma questão de demandas das indústrias, são disponibilizadas vagas para os cursos de Segurança no Trabalho, Mecânica Industrial, Mecânica Automotiva, Eletrotécnica, Eletroeletrônica, Refrigeração, TIC, Madeira Imobiliário”, explica.

Conforme Coelho, estes cursos estão dentro da cota de gratuidade e o aluno não tem nenhum desembolso sequer com o material didático. “É um programa inclusivo em que pais ou responsáveis e os próprios jovens devem aproveitar, pois passar pelo SENAI é uma experiência transformadora, que oferece oportunidades para quem almeja melhorar a vida profissional ou aprender uma nova profissão. A recomendação é investir seu tempo fazendo curso no SENAI. É um ótimo investimento para o seu crescimento profissional e ter ampliadas chances de ingressar numa indústria”, garante.

Segundo o diretor regional do SENAI-RO, Alex Santiago, o programa de gratuidade preza principalmente, pela inserção do indivíduo de baixa renda nesse mercado de trabalho tão competitivo, mas de forma técnica e com alta qualidade na capacitação do futuro profissional. ” Através de atendimento online, a gratuidade também beneficia jovens rondonienses que residem nas cidades onde não têm escolas do SENAI. Por semestre, o SENAI oferece 20 cursos gratuitos e o público alvo são jovens entre 14 a 23 anos e 11 meses”, finalizou. (A.I)



Deixe o seu comentário