Porto Velho/RO, 19 Novembro 2020 12:17:36
Saúde

Servidores da Saúde retornam ao trabalho após decisão judicial

Os Sindicatos da categoria divulgaram que vão recorrer da decisão.

Por Redação / Diário da Amazônia
A-A+

Publicado: 19/11/2020 às 11h56min | Atualizado 19/11/2020 às 12h17min

Na quarta-feira (18), os trabalhadores da saúde lotados no Estado decidiram retornar ao trabalho após a justiça determinar aos sindicatos Sindsaúde, Sintraer e Sinderon a suspensão do movimento grevista que iniciou no dia anterior.

A categoria reivindicava a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração dos Servidores da Saúde (PCCR), há mais 20 anos.

Na manhã de terça-feira, cerca de 70% dos trabalhadores paralisaram as atividades e iniciaram o movimento grevista em frente ao Hospital João Paulo II e Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro.

Horas depois, a presidente do Sindsaúde, Célia Campos, foi notificada sobre uma decisão da justiça para a suspensão da greve. A decisão foi acatada, mas sindicatos Sintraer e Sinderon continuaram com o movimento.

Na mesma ação impetrada pelo Governo, por intermédio da Procuradoria Geral do Estado (PGE), junto ao Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) para suspender a greve, o procurador também pediu para que a Justiça incluísse os outros dois sindicatos que continuaram com a paralisação e foi consentido.

Os Sindicatos da categoria divulgaram que vão recorrer da decisão.

 



Deixe o seu comentário