Porto Velho/RO, 31 Agosto 2021 10:55:08

SolanoFerreira

coluna

Publicado: 31/08/2021 às 09h53min

A-A+

Setembro será o mês de combate a depressão

Estamos entrando no mês de setembro e o período será para refletir e difundir as ações de combate ao suicídio, um mal emocional que..

Estamos entrando no mês de setembro e o período será para refletir e difundir as ações de combate ao suicídio, um mal emocional que vem crescendo em todo o mundo. Essa realidade afeta muitas pessoas ao nosso redor e as recomendações sobre como identificar os sintomas silenciosos nas vítimas. A pandemia do novo coronavirus possivelmente provocou aumento nos casos se juntando com outros males emocionais e psicológicos.

O movimento Setembro Amarelo iniciou em 2015 e ganhou rapidamente a importância devida, sendo acolhido e expandido por diversas instituições sociais e religiosas. Acontece que, apesar da ampla divulgação, os casos de depressão continuam altos e, com isso, vem as consequências com os diversos suicídios em todas as idades.

Conforme a sociedade vai sofrendo maiores pressões ditadas pelo ritmo acelerado das coisas, a mente humana vem reagindo com o acúmulo das dores da alma. Os fatores que atingem as emoções causando ansiedades, frustações, ausências, rejeições e muitos outros traumas e fixações levam as pessoas ao abatimento profundo. Nesses momentos precisam de atenção e motivação para superar as dificuldades que assolam o consciente e o inconsciente.

Nem tudo se resolve numa boa conversa momentânea, mas ajuda a entender que a pessoa carece de auxílio para buscar ajudas especializadas. No convívio familiar, nas relações sociais em escolas e trabalho e em outros momentos da vida cada um tem o dever de observar os as reações e m atitudes e falas que podem revelar a existência de depressão.

O Setembro Amarelo será útil para motivar pessoas e salvar vidas. A busca pelas informações e a divulgação deve ser abraçada por todos com o intuito de socorrer aqueles que já não suportam mais as pressões da vida.


Deixe o seu comentário

sobre Solano Ferreira

Editor-Chefe do Diário da Amazônia. Comunicador Social e Marketing/ Mestre em Geografia. Atua na Gestão Estratégica e Gerenciamento de Crise.

Arquivos de colunas