porto velho - ro, 12 Setembro 2019 20:04:24
    Diário da Amazônia

    Suposto rompimento na UHE Santo Antônio é tratada com seriedade

    Em busca de respostas De tantos mistérios ainda insolúveis da Amazônia, um recente é o das jararacas que abandonam o solo para viver em..

    A-A+

    Publicado: 05/08/2019 às 09h31min | Atualizado 05/08/2019 às 15h54min

    Em busca de respostas

    De tantos mistérios ainda insolúveis da Amazônia, um recente é o das jararacas que abandonam o solo para viver em árvores. Outro, a “guerra cultural” movida contra os cientistas, tentando desmoralizá-los e pôr em dúvida seus procedimentos, mesmo sendo a ciência o melhor caminho para aproveitar a biodiversidade ao máximo sem destruir a floresta.

    O caso das cobras é mais simples. Comprovando a evolução de Charles Darwin, as jararacas das várzeas alagáveis, que sempre viveram na terra, passaram a viver em árvores. Com mudanças nos corpos para se adaptar à gravidade, estariam se transformando em uma nova espécie.

    Ficariam sem mutação as jararacas das áreas não alagáveis e a natureza ganharia uma nova espécie de cobras habituadas às árvores. Mas por que elas se afastam do chão e se escondem nas árvores? Nas teorias da conspiração, não falta quem veja na ascensão das jararacas o sinal de que a humanidade vai “subir” para outros planetas quando não puder mais viver na Terra.

    Em todo o caso, o fenômeno das jararacas já é conhecido e os estudos prosseguem. Fica insolúvel o mistério da “poda” às verbas para pesquisa e a perseguição aos cientistas. Não é na diplomacia fraquejada e nas ofensas da polarização que se achará a resposta para os mistérios ainda por resolver. É preciso investir mais na pesquisa e na ciência. 

    …………………………………………

    Juntos e misturados

    Com pompa e circunstância, o ex-governador tampão Daniel Pereira, o Pereirinha, assumiu o controle no final de semana do diretório estadual do Solidaridade, (hoje uma sigla de composição frankstênica formada por ex-socialistas, sindicalistas e cassolistas). Já esta com ares de candidato a prefeito de Porto Velho no ano que vem. Pereirinha vem quente e fervendo!

    Caindo do poleiro

    O vereador Zequinha Araujo (MDB), com uma trajetória de cargos entre vereador e deputado estadual de quase 30 anos, conhecido pela alcunha de “dançarino da impunidade”, finalmente deve cair do poleiro dando vaga ao suplente Isaque. Zequinha já tinha sido condenado em todas as instâncias por improbidade, mas conseguia através de recursos manter o mandato. Tem mais gente na alça de mira da justiça eleitoral.

    Ameaça da barragem

    A eventual ameaça de rompimento da barragem da Usina de Santo Antonio passa a ser tratada com mais seriedade pela Defesa Civil de Porto Velho que programa novos treinamentos junto aos bairros e distritos beiradeiros no Rio Madeira contra possiveis tragédias. Desastres para valer por enquanto se relacionam com o fenomeno das terras caidas (desbarrancamentos) e a cada ano aumenta a tensão.

    As festividades

    A Assembléia Legislativa abre hoje as festividades alusivas ao 36º aniversário da Constituinte de Rondônia. Dos 24 parlamentares eleitos na primeira legislatura em 1982, que participaram da elaboração desta Carta Magna, poucos estão em vivos e em evidência, casos de José de Abreu Bianco, Tomás Correia, Amir Lando, Oswaldo Piana Filho, Silvernani Santos entre outros. Diga-se e se reconheça: foi a melhor legislatura até hoje. 

    Intrigas e futricas

    Não será desta vez que intrigas e fruticas vaõ redundar em tapas e beijos entre o Centro Politico e Administrativo e a Assembléia Legislativa. Mesmo assim, alguns deputados nos bastidores querem a pele do atual chefe da Casa Civil, o publicitário Gonçalves para fazer tamborim, logo ele que conta com grande respaldo do governador Marcos Rocha. Sem chances para os revoltosos. 

    Via Direta

    ***O município de Cerejeiras, no Cone Sul do estado de Rondônia completou nesta segunda-feira, 36 anos de emancipação política e administrativa ***A localidade emergiu ainda na gestão do então govenador Jorge Teixeira e é berço político do ex-governador Pereirinha e do clã Neiva de Carvalho *** Com a reabertura dos trabalhos na Câmara dos Deputados e Senado voltam à pauta a Nova Preividência e a indicação do filho de Bolsonaro, Eduardo para embaixador nos EUA. Haja polêmicas.

     



    Escreva um comentário