porto velho - ro, 20 Agosto 2019 01:36:03
Polícia

Suspeitos de cometerem crimes são encaminhados para Porto Velho

Foram encaminhados para a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) Sul de Porto Velho, Maurício A. G. e seu filho Halison S.G.,..

A- A+

Publicado: 15/08/2018 às 13h33min | Atualizado 15/08/2018 às 15h49min

Foto: Micheal Schumacher/RedeTV RO

Foram encaminhados para a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) Sul de Porto Velho, Maurício A. G. e seu filho Halison S.G., pelos crimes de porte ilegal de arma e outros crimes que aconteceram em uma comunidade chamada Água azul, em Canutama, no Amazonas.

Na última segunda-feira (13), desembarcaram na cidade de Porto Velho, sete policiais civis do estado do Amazonas com o objetivo de averiguar diversas denúncias de crimes contra mulheres da comunidade Água Azul. Entre os crimes estão injúria, ameaças e ato obsceno, cometidos por Maurício. Três homens e 14 mulheres foram ouvidos na Unisp Sul, os quais narraram os crimes cometidos pelo suspeito.

Enquanto isso, a Polícia Civil de Rondônia se dirigiu até a comunidade para localizar o autor e investigar os referidos crimes. Na rua Castanheira encontraram Maurício em sua residência juntamente com seu filho.

Após conversas, a equipe se dirigiu até a outra casa, na qual morava, e foi encontrado com o seu filho Halison S. A. uma arma de fogo de fabricação caseira contendo duas munições e uma espingarda, que de acordo com Healison era utilizada para defender a família de possíveis ameaças. Ambos receberam voz de prisão e foram levados para a Unisp Sul.



Escreva um comentário