Porto Velho/RO, 27 Setembro 2020 02:47:15

Solano Ferreira

coluna

Publicado: 22/09/2020 às 08h46min | Atualizado 22/09/2020 às 08h56min

A- A+

Um dia sem carro e novas formas de mobilidade

Cada vez mais as cidades estão criando espaços para bicicletas que não são poluentes e estimulam a pratica de atividade física

Neste dia 22 de setembro é comemorado em todo o planeta o Dia Mundial sem Carro como forma de colocar em discussão um novo modelo de mobilidade urbana. O principal alvo é reduzir as emissões de gases de efeito estufa que provocam o aquecimento global, mas a ação também deve abordar questões como a melhoria dos transportes coletivos e uso de transportes alternativos.

A razão de adotar o transporte coletivo tem dados técnicos convincentes. Enquanto num veículo particular a emissão de CO2 por passageiro é de 1,46 kg, em um ônibus de transporte coletivo a emissão fica em 0,08 kg por passageiro. Esses cálculos foram considerando que um ônibus transporta 36 passageiros e um veículo 1,5 ocupantes. Outro dado importante é o impacto de transito para o mesmo quantitativo de passageiros. Para suprir a lotação de um ônibus seriam necessários o equivalente a 20 veículos.

Além da quantidade a mais de veículos, motores ligados, consumo de combustível, tem a ocupação do espaço urbano. Os estacionados sempre lotados e as ruas cheias de veículos transitando mostram que as facilidades para adquirir veículos vêm gerando impactos preocupantes. O modelo atual de cidades não comportam mais o volume de veículos e países como a França estão criando modelos sustentáveis com menores fluxos urbanos de veículos.

Cada vez mais as cidades estão criando espaços para bicicletas que não são poluentes e estimulam a pratica de atividade física. A ampliação de linhas de trens urbanos e ônibus elétricos ou movimentos por biocombustíveis também são alternativas em crescimento. Para as pequenas cidades fica a dica de fazerem já suas adaptações ou implantações de modelos modernos voltados à diminuição das emissões de CO2, redução do impacto de trânsito e a diminuição ocupação do espaço urbano.

 

 


Deixe o seu comentário

sobre Solano Ferreira

Editor-Chefe do Diário da Amazônia. Comunicador Social e Marketing/ Mestre em Geografia. Atua na Gestão Estratégica e Gerenciamento de Crise.

Arquivos de colunas