Porto Velho/RO, 04 Maio 2021 09:15:01
Saúde

Vacinação de grupos prioritários é ampliado em Rondônia; veja quem será imunizado

O aplicativo para agendar vacinação está disponível para celulares Android e sistema IOS.

Por Redação Diário da Amazônia
A-A+

Publicado: 04/05/2021 às 09h13min | Atualizado 04/05/2021 às 09h14min

Foto: Divulgação/Prefeitura de Porto Velho

Rondônia recebeu nesta segunda-feira (3) mais de 3,5 mil doses da vacina contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTec. A vacina será destinada às capitais e serão administradas em 1ª dose. É a primeira vez que o estado recebe o imunizante desse laboratório.

Segundo a prefeitura de Porto Velho, a vacina será destinada inicialmente a pessoas com comorbidades, seguindo recomendações do Ministério da Saúde.

Nesta primeira etapa serão vacinadas:

• Pessoas com Síndrome de Down acima de 18 anos;

• Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise);

• Gestantes e puérperas com comorbidades, acima de 18 anos;

• Pessoas com Deficiência Permanente, cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos.

Pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos também serão imunizadas com a vacina da AstraZeneca. A mudança de laboratório é necessária porque o total de vacinas da Pfizer recebidas neste momento não é suficiente para todo o grupo.

Ainda segundo a Nota Técnica 467/2021, a comprovação da comorbidade deverá ser realizada conforme recomendações do PNI, ou seja, no ato da vacinação a pessoa deverá comprovar a doença pré-existente através de exames, receitas, relatório médico, prescrição médica, laudo, cartão do BPC, cartão do hiperdia, entre outros.

Cadastro

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) confirmou que para receber o imunizante é necessário se cadastrar no aplicativo Sasi. O app segue os parâmetros do Plano Nacional de Imunização (PNI) e foi planejado para registrar informações sobre a população e facilitar o agendamento das vacinas.

“Uma vez cadastrado, o usuário será avisado, pelo próprio dispositivo e por envio de e-mail ao endereço eletrônico do usuário, sobre o dia, horário e local em que deverá comparecer para ser imunizado”, informou a Semusa.

O aplicativo está disponível para celulares android e também sistema IOS.



Deixe o seu comentário