porto velho - ro, 24 Janeiro 2019 12:38:13

Silvio Santos

coluna

Publicado: 24/01/2019 às 12h37min

A- A+

Vamos festejar os 104 anos do nosso município

Vamos festejar os 104 anos do nosso município. Se você mora em Porto Velho, a pedida é se deslocar até o Mercado Cultural onde a partir..

Vamos festejar os 104 anos do nosso município. Se você mora em Porto Velho, a pedida é se deslocar até o Mercado Cultural onde a partir das 19 horas, começa a festa de aniversário, com direito a muita música de qualidade.

*********

Basta lembrar que o primeiro músico a se apresentar, dispensa comentários, Mauro Araújo. Pense num cidadão fera na música instrumental autoral.

********

Mauro vai nos preparar para curtir as Bandas de Roque que passarão a se apresentar a partir das nove horas da noite, aí a juventude e os que gostam de som nas alturas e bom, vão dominar o Calçadão Manelão.

*********

Vamos soltar foguetes, festejar de verdade os 104 anos do nosso município. Vamos porque somos privilegiados, pois, vivemos num município que não vive chorando desgraça, apesar de ainda não contar com um sistema de saúde a altura da sua capacidade.

*********

Pergunta dos teus conhecidos que vivem em outros municípios brasileiros, se seus vencimentos como funcionário público municipal estão em dias?

********

Pouquíssimas cidades desse nosso querido Brasil, podem bater no “peito” e dizer, “posso até não remunerar bem meus funcionários, mas, estou com os salários em dia”.

********

Não tenho desfile de Escola de Samba, mas, tenho festa de forró nos diversos balneários existentes em meu entorno. Posso não ter um Porto Fluvial de vergonha, mas, este ano não vou sofrer com alagamento ou cheia do Rio Madeira.

********

Posso não contar com creches suficientes para abrigar minhas crianças, mas, minhas ruas estão iluminadas.

********

Posso até ainda ter ruas esburacadas, mas, os Viadutos da Campos Sales e a Passarela da Três e Meio são elogiadas por todos.

********

Porto Velho, chega aos 104 anos de instalação, proibido de olhar para a Madeira Mamoré., mas, pode se orgulhar de ser a única capital brasileira, que faz fronteira com outro país.

*******

Porto Velho, do Velho Pimentel, do Porto dos Militares e do Ponto das Caçadas.

*******

Porto Velho da Praça Jonathas Pedrosa abandonada pelo poder público, mas, que se orgulha de abrigar o Espaço Alternativo.

*******

Porto Velho do aeroporto internacional só no nome, mas, que tem a estrada do Belmonte quase intransitável.

********

Porto Velho do Flor do Maracujá da quadrilha e boi bumbá.

********

Porto Velho da Banda do Vai Quem Quer e da saudade do Galo da Meia Noite.

*********

Porto Velho da Zona Leste onde a cultura vive no Arraial de São Tiago no ArraiaLeste e no CarnaLeste.

*********

Porto Velho da Zona Sul e dos blocos da Jatuarana. Porto Velho do Samba Autoral, do Mistura Fina, do Mocambo do Até Que a Noite Vire Dia.

********

Porto Velho do Areal do Santuário de Fátima, dos Blocos Canto da Coruja, Us Dy Phora e Areal Folia. Porto Velho do Vai e Volta.

********

Porto Velho do Murupi, Axé Folia e Leva Eu.

********

Porto Velho do Pirarucu do Madeira, e do Pirarucu Rondon. Porto Velho da Candelária do Tonhão e dos Inocentes.

********

Porto Velho do Porto, Velho Porto; Da Sete de Setembro, de Abunã, de Extrema e Califórnia.

********

Porto Velho de Guapindaia a Hildon Chaves. De Tanajura a Chiquilito. De Valdemar Cachorro e Bailarina da Praça.

********

Porto Velho da Maria da Chave e do Manelão, do Burrochagas e do Clarim do Moraes. Maga Rosa a Liocélio.

********

Porto Velho da melhor carne verde do Brasil e do mundo, do melhor carnaval de rua da Amazônia e de todas as danças folclóricas.

********

Porto Velho de janeiro a dezembro ferve com suas festas, calçadas da fama e os becos do Orgulho.

********

Porto Velho do lindo Por do Sol e das Noites das baladas em tudo quanto é Zona da Cidade. Zona Norte, Sul e Leste.

********

Porto Velho de todas as etnias. Sabe de uma coisa Porto Velho?

********

Te AMO!


Escreva um comentário

sobre Silvio Santos

Jornalista. Atualmente é editor do caderno de Cultura do jornal Diário da Amazônia. É um apaixonado pela Cultura de Porto Velho. Mantém uma coluna diário no jornal Diário da Amazônia. Conhecido carinhosamente por Zé Katraka.

Arquivos de colunas