Porto Velho/RO, 08 Julho 2020 06:01:04

CarlosSperança

coluna

Publicado: 08/07/2020 às 06h00min

A-A+

Vários deputados estaduais  e federais estão cotados para disputar as eleições municipais deste ano

Saídas existem Quem descartar os extremos complicadores da polarização encontrará um fértil debate sobre as opções da Amazônia para..

Saídas existem

Quem descartar os extremos complicadores da polarização encontrará um fértil debate sobre as opções da Amazônia para evitar o triplo desespero da devastação, ligada ao incendiário assunto do clima, da economia esfacelada e da péssima estrutura de saúde, que tem um SUS modelar assolado por uma enorme máquina de corrupção favorecida pela metástase de vulcões extremistas que ameaçam a Justiça e a democracia.

Não faltam propostas para fazer da Amazônia o coração das soluções globais. A mais importante, pela vastidão de implicações, é a bioeconomia. Sem culto a personalismos, sem hegemonia de “alas” disso ou daquilo, com o protagonismo prioritário das lideranças empresariais, comunitárias e científicas patrióticas, a bioeconomia figura nas metas do general Algacir Polsin, claramente exposta ao assumir a frente da Suframa.

Conhecendo como poucos as necessidades e os potenciais da região, Polsin terá plenas condições de rastrear as causas dos obstáculos colocados ao Centro de Biotecnologia da Amazônia, que não só já deveria estar criado e frutificando como servindo para exibir um portfólio fantástico de opções sustentáveis aos investidores. Estes, hoje, ao invés de selecionarem no leque de opções as que mais lhes convêm, estão evidentemente temerosos com a degradação ambiental e na encolha suspeitando de maquiagem nos dados. Há muito a corrigir e mais ainda a fazer.

……………………………………………..

Clãs políticos

Dos clãs políticos rondonienses regionais, alguns perderam força e outros se mantém firmes no poleiro. Em Jaru, o clã dos muletas tem como representante a deputada estadual Cassia; de Vilhena o clã Donadon a deputada Rosangela Donadon; de Rolim de Moura e região o clã Cassol conta com a deputada federal Jaqueline. No Vale do Jamari o clã Amorim mantem uma prefeita. Já a dinastia Raupp vai tentar se reerguer em 2022, uma vez que o senador Raupp e sua esposa Marinha foram derrotados no pleito de 2018.

Puro sangue

O PC do B saiu na frente e já marcou para 31 de agosto sua convenção para homologar sua chapa puro sangue que terá na cabeça o jornalista Samuel a prefeito e como vice o dirigente Francisco Pantera. Os vermelhinhos vêm com chapa completa de candidatos a vereança e não descartam alianças para a chapa majoritária desde que mantida a cabeça de chapa para o PC do B. O mais provável mesmo é a chapa puro sangue já que a esquerda não se entende.

Eleições 2020

Vários deputados estaduais e federais estão cotados para disputar as eleições municipais deste ano e se forem eleitos provocarão alteração nos quadros das bancadas na Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados. Alguns com boas chances, como no caso dos estaduais, Eyder Brasil (Porto Velho), dos federais Leo Moraes, Mauro Nazif e Chrisóstomo (Porto Velho), Jaqueline Cassol em Cacoal. Dos vereadores da capital, Cristiane Lopes (PP) entra na peleja.

Os prazos

Com as alterações no calendário eleitoral para as eleições de novembro o prazo final para desincompatibilização foi até 15 de agosto. As convenções partidárias agora poderão se estender de 31 de agosto até 16 de setembro e possivelmente serão virtuais por causa da pandemia do coronavirus.E por fim o prazo para o registro de candidaturas foi alterado prolongando-se de 31 de agosto a 26 de setembro. 

Fortes pressões

 As pressões dos comerciantes têm sido intensas para cima do governador e dos prefeitos para liberar geral o comércioem plena escalada da pandemia do coronavirus. E se depender do presidente Bolsonaro até o uso da máscara pode ser abolidas nos templos e estádios. Enquanto a classe política não se entende com a ciência, a pandemia vai tomando proporções assustadoras na capital rondoniense.

………………………………………….

Via Direta

*** O governo do estado de Rondônia anuncia para o próximo dia 10 o pagamento da metade do décimo terceiro do funcionalismo público*** Pelo que se vê a saúde das finanças na gestão Marcos Rocha (PSL) segue firme em plena pandemia do coronavirus *** Os aposentados já receberam o percentual do décimo na semana passada pelo Iperon e urraram de felicidade*** O nível do madeirão vai descendo rapidamente já aparecendo os pedrais em algumas regiões mais atingidas pela estiagem em Porto Velho. O próximo passo da consequência da seca são os “areiões”, as chamadas praias do arroto *** Como muitos leitores e internautas estou decepcionado com os políticos e com o divisionismo reinante na terrinha*** Por isso que os candidatos a prefeitos e vereadores que nem passem na frente da minha casa. Nesta temporada serão recebidos com ovadas nas fuças!


Deixe o seu comentário

sobre Carlos Sperança

Um dos maiores colunistas político do Estado de Rondônia. Foi presidente do Sinjor. Foi assessor de comunicação do governador José Bianco entre outros. Mantém uma coluna diária no jornal Diário da Amazônia.

Arquivos de colunas