Porto Velho/RO, 12 Dezembro 2019 09:50:16
    Diário da Amazônia

    Vídeo da NASA mostra os 4000 exoplanetas descobertos até hoje

    Todos eles estão a anos-luz de distância do nosso sistema solar, mas não deixam de ser importantes.

    Por Fatos Desconhecidos
    A-A+

    Publicado: 18/07/2019 às 16h03min

    Um exoplaneta, também conhecido como planeta extrassolar, é um planeta que orbita uma estrela que não seja o Sol. Ou seja, é um planeta que pertence a um outro sistema planetário, distinto do nosso. O primeiro exoplaneta descoberto pelo homem foi lá em 1991, e desde então, milhares deles foram descobertos. Atualmente, existem cerca de 4090 exoplanetas conhecidos pelo homem, isso em 3049 sistemas detectados, nos quais 663 deles possuem mais de um exoplaneta. Todos eles estão a anos-luz de distância do nosso sistema solar, mas não deixam de ser importantes.

    A novidade agora é que a agência espacial americana teve a genial ideia de fazer uma compilação de todos esses exoplanetas já descobertos. O resultado disso foi um incrível mapa de mais de 4 mil exoplanetas existentes além do nosso sistema solar. O vídeo mostra quantos exoplanetas foram descobertos a cada ano, desde 1991. E olha, o vídeo é realmente incrível. Para os aficionados pelo espaço, esse vídeo é realmente um prato cheio.

    O vídeo

    O vídeo nos presenteia com imagens realmente incríveis e que só foram possíveis graças a diversos telescópios e observatórios espaciais. Há décadas, esses cientistas vêm vasculhando o espaço em busca de novos potenciais planetas. Essa busca é por planetas que talvez possam ter características especiais, quem sabe, para abrigar vida humana ou até mesmo, onde se possa encontrar vida extraterrestre.

    Até o momento, não foi encontrado nenhum outro lugar que possa receber vida humana, mas a busca não deixa de trazer resultados interessantes. Prova disso, é essa enorme quantidade de exoplanetas.

    E pelo visto, os cientistas vão continuar procurando, afinal de contas, o espaço é muito grande e ainda tem muito o que explorar nessa imensidão.

    Busca no espaço

    Essa quantidade de exoplanetas já descoberta, até hoje, nos dá um panorama impressionante da taxa exponencial na qual estamos descobrindo mundos além do nosso planeta. E muito disso, só foi possível graças ao Telescópio Espacial Kepler. O orbital de imagens da NASA, que hoje está aposentado, foi um dos principais telescópios usados na busca por exoplanetas. Desde o seu lançamento, em 2009, o Kepler buscava os lugares mais profundos do espaço, e por isso, encontrou muitos dos exoplanetas conhecidos até hoje.

    Enquanto o Kepler foi aposentado no ano passado, outros satélites e telescópios espaciais surgiram para dar continuidade ao seu trabalho. Um deles é o Transiting Exoplanet Survey Satellite, também da NASA. E o novo telescópio já tem mostrado serviço, recentemente, ele descobriu o menor exoplaneta que se tem conhecimento.

    Outros telescópios também espaciais estão em fase de planejamento, como é o caso do European Characterizing Exoplanets Satellite. Se tudo correr como o planejado, ele dever ser lançado ainda neste ano.

    Enquanto isso, o mais recente telescópio espacial desenvolvido pela NASA, o James Webb, não está indo muito bem. Devido ao orçamento do projeto ter sido ultrapassado, o lançamento do telescópio provavelmente vai atrasar mais do que o esperado. Ou seja, levará mais algum tempo para que ele entre em ação.



    Deixe o seu comentário