porto velho - ro, 02 Novembro 2019 01:35:13
    Política

    Vídeos: Homem que promete matar Bolsonaro e Lula ataca Congresso

    Homem avisou que matará Bolsonaro, Lula, Feliciano e até o bispo Edir Macedo. Ele tentou entrar na Câmara dos deputados.

    Por Redação Diário da Amazônia
    A-A+

    Publicado: 30/08/2019 às 14h16min | Atualizado 30/08/2019 às 16h31min

    Aos gritos de “aqui é a casa do povo”, um homem de 35 anos tentou invadir o Senado Federal e quebrou o vidro da chapelaria da Casa na tarde desta quinta-feira (29/08/2019). Ele teria se revoltado ao ser barrado na entrada, porque não tinha agendado uma visita ao Congresso Nacional.

    Durante o ataque de fúria, o homem, que teve a identidade preservada, jogou dois pontaletes (estruturas metálicas) contra o vidro do Senado. Depois disso, ele xingou e tentou agredir policiais legislativos que faziam a segurança no local. Para contê-lo, um dos agentes precisou usar uma arma de choque, conhecida como “taser”.

    Em nota, o Senado informou que a Polícia agiu “com a melhor doutrina de uso progressivo da força”. Ele foi levado para depor após o ocorrido e declarou aos policiais ser estudante. No entanto, não soube explicar os motivos que o levaram a arremessar os objetos contra o vidro do Senado.

    A partir de agora, a Polícia Legislativa abrirá um inquérito para investigar o caso. O suspeito pode responder por crime de danos ao patrimônio público.

    O acusado gravou vídeo ameaçando esfaquear diversos líderes políticos, de acordo com o deputado Marco Feliciano (Podemos-SP). Entre os possíveis alvos estariam o presidente Jair Bolsonaro, o ex-presidente Lula, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes, o próprio Marco Feliciano, o bispo Edir Macedo e o pastor R. R. Soares.

    “Eu tô aqui pensando por que eu devo comprar uma faca de 54 reais. Se eu tenho faca aqui em casa de graça pô. Eu tenho duas. Essa daqui, que só precisa amolar. Tá ligado. Chegar no bucho dele aqui, enfia. […] Vamos ver se ele [Bolsonaro] aguenta outra facada real. Não só o Bolsonaro, como Lula, Ciro Gomes, Marco Feliciano e todos os outros políticos. Depois eu vou escalar os evangélicos e outros católicos”, diz o homem no vídeo.

    “A afirmativa não é se vão ou não morrer. É quando vocês vão morrer. Isso eu já tenho certeza. Enquanto vocês não me matarem, eu vou matar vocês. O máximo possível. Pode me internar. Pode me prender. Uma hora eu saio e mato vocês”, gravou.

    E vai ser escalando políticos, religiosos e é isso aí”, afirmou. “Eu tô esperando achar a agenda do Bolsonaro pra matar ele. Descobrir onde ele tá aqui em Brasília pra ir de encontro a ele, e dar uma estocada nele. Bora ver se ele vai resistir a uma facada real”, completou. O canal do portal de notícias Poder360 publicou o vídeo.

     



    Escreva um comentário