porto velho - ro, 22 Agosto 2019 17:05:34
Variedades

VÍDEO: Repórter da Globo passa por apuros em barco que afunda

Parece que os repórteres das afiliadas da Globo estão preferindo ficar sobre as águas do que em terra firme. Após uma jornalista de..

Por TV FOCO
A- A+

Publicado: 19/03/2019 às 16h23min | Atualizado 20/03/2019 às 11h36min

Jornalista da Globo (Foto: Reprodução)

Parece que os repórteres das afiliadas da Globo estão preferindo ficar sobre as águas do que em terra firme. Após uma jornalista de Natal comandar uma reportagem em cima de um colchão inflável na lama, agora foi a vez de Nilessa Tait, repórter da TV Tem, do interior de São Paulo, passar por um perrengue.

Ela comandava uma reportagem e tomou o maior susto quando comemorava o aniversário da cidade de São José do Rio Preto em um passeio de barco com a equipe. Quando todos menos esperava, a embarcação começou a afundar lentamente com as cinco pessoas dentro. “Opa, opa, está tudo certo”, dizia Nilessa.

Jornalista da Globo (Foto: Reprodução)

A repórter entrou em desespero, tentou se levantar e quase caiu na represa, chamando seu colega que estava às margens para ajudá-la. “Eu acho que vocês deveriam vir a nado. De barquinho é muito fácil”, disse ele, sem saber o que estava acontecendo. Por sorte, o barco voltou para a superfície e não afundou por completo.

Esse momento aconteceu poucos dias depois do público da Globo em Natal, no Rio Grande do Norte, ser surpreendido com uma reportagem comandada diretamente da lama no RNTV, da InterTV Cabugi.

Em um dia de chuva intensa na capital, a jornalista Ediana Miralha conversou com os âncoras diretamente da lama, boiando sobre um colchão inflável em pleno link ao vivo.


Na chamada da reportagem da Globo, os âncoras Emmily Virgílio e Murilo Meireles disseram: “A chuva maltratou e continua maltratando. É muita tristeza o que a gente vai mostrar agora”.

(Foto: Reprodução)

“Ediana, cadê você?”, questionaram. No maior bom humor, Ediana disparou: “Arranjei um colchão inflável porque só assim para a gente se livrar dessa aguaceira toda que está aqui”.

Após a introdução, ela pediu que um rapaz a ajudasse a deixar do local e estacionou o colchão na beira do “rio” de lama que foi formado no meio da rua.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Juro que eu fiquei com medo dela cair nessa água

Uma publicação compartilhada por Virei Jornalista (@vireijornalista) em

Na internet, o público amou a tirada dos jornalistas da Globo. O momento inusitado foi ao ar na edição da última sexta-feira (15).

 



Escreva um comentário