Porto Velho/RO, 29 Outubro 2020 10:25:00

RobertoRavagnani

coluna

Publicado: 29/10/2020 às 10h23min

A-A+

Voluntariado e o aprendizado

Hoje o quociente emocional ou inteligência emocional é fundamental para todas as atividades profissionais no mundo, em torno de 58% das..

Hoje o quociente emocional ou inteligência emocional é fundamental para todas as atividades profissionais no mundo, em torno de 58% das pessoas que perdem suas colocações no mercado, perdem por falta de IE, e isso é muito grave e tem aumentado, visto que na contramão desta informação, cada vez mais as pessoas se preocupam em ser especialistas e enchem suas “caixas de ferramentas”, estudam e se preparam tecnicamente, mas esquecem de aprender e preparar sua IE, inteligência emocional.

E o que este assunto tem em comum com o voluntariado? Eu diria muito, existem 12 competências da Inteligência Emocional (IE), 10 delas o trabalho voluntário te ajuda a desenvolver. São elas: Gestão das emoções, Adaptabilidade, Orientação para realização, Otimismo, Empatia, Consciência organizacional, Gestão de conflito, Trabalho em equipe, Liderança inspiracional e Mentoria.

É uma das ferramentas mais potentes para estimular o aprendizado da I.E. Inteligência Emocional.

Então se temos uma ferramenta tão potente, a nossa disposição sem necessidade de nenhum investimento por que não utilizamos? Uma boa pergunta para ser respondida. A resposta, que eu acredito é que não valorizamos aquilo que não tem preço, gostamos de pagar, mesmo aquilo que não tem valor, mas se pagamos é porque deve ser bom, na verdade gostamos de ser enganados muitas das vezes.

O voluntariado está ai a disposição de todos, indistintamente, com grandes benefícios para quem pratica e muitos outros benefícios para quem recebe, portanto uma relação de ganha ganha, mas insistimos em não pratica-lo, seria muito bom para você, excelente para quem irá receber e fantástico para a sociedade.

Não quero obrigá-lo a fazer trabalho voluntario, mas quero que se sinta obrigado a conhecer mais sobre o assunto para opinar com seu conhecimento e sentimento, não com o meu ou de qualquer outra pessoa, só você poderá tomar esta decisão.

Espero que tente e se inspire para conhecer mais, muita gente ficará feliz com esta decisão.


Deixe o seu comentário

sobre Roberto Ravagnani

Colaborador do Diário da Amazônia-  Roberto Ravagnani é autor, palestrante, jornalista (MTB 0084753/SP), radialista (DRT 22.201), conteudista e Consultor de voluntariado e responsabilidade social empresarial. Voluntário palhaço hospitalar desde 2000, fundador da ONG Canto Cidadão, Associado para o voluntariado da GIA Consultores no Chile, fundador da Aliança Palhaços Pelo Mundo, Conselheiro Diretor da Rede Filantropia, sócio da empresa de consultoria Comunidea e Membro Engage for business. www.robertoravagnani.com.br

Arquivos de colunas