Porto Velho/RO, 18 Maio 2020 15:17:16
Variedades

Zack Snyder mostrou seu corte de Liga da Justiça para executivos da DC

Site afirma que o cineasta está negociando o lançamento do Snyder Cut

A-A+

Publicado: 18/05/2020 às 15h16min

A novela do Snyder Cut, o mitológico corte de Liga da Justiça por Zack Snyder, ganhou um novo capítulo importante. Após várias e várias confirmações da existência dessa versão do filme de 2017, agora o Heroic Hollywood afirma que o cineasta fez uma sessão particular do seu longa no começo de 2020, envolvendo executivos da DC. Isso significa que Snyder está apresentando o corte para uma possível distribuição, o que significa que sua versão do filme pode enfim ser lançada ao público [via Cinema Blend].

No estágio atual, tratam-se apenas de rumores. A própria confirmação da existência do Snyder Cut aconteceu apenas por falas do elenco e do cineasta, mas tudo indica que ela, de fato, existe, com bastante material gravado e até finalizado.

Caso a Warner Bros. decida realmente lançar o longa, isso pode acontecer tanto na plataforma de streaming HBO Max quanto nos cinemas, mas provavelmente só quando os cinemas abrirem novamente. O estúdio já lida com a possibilidade de mais adiamentos por conta do coronavírus com Tenet, novo filme de Christopher Nolan, portanto não se arriscaria a colocar uma nova versão de Liga da Justiça nas telonas durante a pandemia.

A campanha Release The Snyder Cut, que pede pela versão do diretor, foi divulgada pelos fãs em cartazes ao redor da Califórnia, financiados pelos próprios seguidores. Comovidos pelo suicídio da filha de Snyder, que o afastou do projeto da DC, o movimento ajudou a arrecadar mais de US$ 100 mil para prevenção do suicídio, com fãs se mobilizando pela causa.

Joss Whedon assumiu as filmagens de Liga da Justiça depois da saída de Snyder, mas a reação negativa em torno do filme estimulou os rumores em torno da versão original do longa. O filme foi lançado em novembro de 2017 e arrecadou cerca de US$ 657 milhões no mundo, enquanto esteve em cartaz.

FONTE: Omelete



Deixe o seu comentário