Diário da Amazônia Nas mídias socias agora é só curtir seguir e assitir!
#EuCurto Diário da Amazônia
Política

Cassação de Juliana vai a julgamento nesta 2ª

Prefeita de Pimenta Bueno é acusada de abuso de poder na campanha eleitoral de 2016.

Por Redação Diário da Amazônia
A- A+

Publicado: 18/06/2017 às 05h10min

Pleno do TRE-RO decide nesta segunda-feira processo de cassação de Juliana Roque

O processo de cassação do mandato da prefeita de Pimenta Bueno, Juliana Roque (PSB), volta à pauta do pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-RO), nesta segunda-feira. Após pedido de vista da juíza Rosemeire Conceição, na sessão do dia 7, o julgamento foi novamente adiado na última quarta-feira.

Esposa do deputado estadual Cleiton Roque (PSB), Juliana é acusada de cometer crime de abuso de poder econômico envolvendo formiguinhas que não teriam sido contratadas de acordo com a lei; e “caixa 2” relacionado a um cheque no valor de R$ 6 mil, que também não teria sido contabilizado na prestação de contas junto ao TRE-RO.

No processo que corria em segredo de justiça, na 9ª Zona Eleitoral, a prefeita eleita em 2 de outubro de 2016, teve o mandato cassado, juntamente com o vice Henrique Sanches, pela juíza Valdirene Clementele. A defesa da prefeita recorreu à 2ª instância, onde a relatora da ação cautelar, juíza Jaqueline do Amaral, mandou arquivar o processo, mas ao reexaminá-lo em nova sessão suspendeu temporiamente os efeitos da decisão da juíza Valdirene Alves, afirmando ser temerário decidir pelo não cabimento de recurso, uma vez que a situação envolve um prefeito. Ela concedeu em parte a liminar requerida, encaminhando a decisão final para o Pleno do TRE-RO.


Escreva um comentário