#EuCurto Diário da Amazônia
Cultura

Festa ao Mestre Bainha, Zé Pereira da Amazônia

Hoje é o dia do samba para os sambistas de Porto Velho, hoje o Zé Pereira do nosso carnaval completa 79 anos de vida.

Por Sílvio Santos Diário da Amazônia
A- A+

Publicado: 12/08/2017 às 05h30min

Os sambistas de Porto Velho festejam os 79 anos do Bainha no show que vai acontecer na Tenda do Tigre hoje às 14h

O título de Zé Pereira da Amazônia cai como uma luva quando nos referimos ao Waldemir Pinheiro da Silva, o Mestre Bainha.

Acontece que o samba dominou Porto Velho antes mesmo de chegar à capital do estado do Amazonas, Manaus. Assim sendo, por ter começado a frequentar as rodas de samba ainda muito jovem, levado pelo seu irmão Alípio à Vila Confusão, reduto que viu nascer em 1946, a primeira escola de samba do recém-criado Território Federal do Guaporé a “Deixa Falar”, cujo idealizador, Eliezer dos Santos, o Bola Sete, por essas coincidências que ninguém sabe explicar, nasceu no mesmo dia que nasceu Bainha, ou seja, 11 de agosto.

Hoje, passados 79 anos, Bainha continua com o vigor da juventude, sempre participando das rodas de samba seja cantando obras de sua autoria ou os sambas da sua querida Portela.

Para festejar tão importante data, sua família e a família de sambistas de Porto Velho, realizam grande homenagem a partir das 14h deste sábado, 12, na Tenda do Tigre na rua Jacy Paraná entre a Brasília e a João Goulart. Cantores sambistas como Beto Cezar, Waldison Pinheiro, Mávilo Melo, Sílvio Santos, Oscar, Zé Baixinho, Toninho Tavernard, Makumbinha, Bado, As Pastoras do Asfaltão, Walber do Cavaco, Padoca, Ernesto Melo, Nilson do Cavaco, Danilo e Rud Prado, estarão cantando em homenagem ao Mestre Bainha.

Hoje é o dia do samba para os sambistas de Porto Velho, hoje o Zé Pereira do nosso carnaval completa 79 anos de vida.

Hoje a vida agradece a existência do Mestre Bainha. Parabéns!



Escreva um comentário