#EuCurto Diário da Amazônia
Política

‘Fora, Aécio’ na convenção do PSDB

Evento teve também manifestação de apoio à candidatura de Alckmim, à Presidência.

Por Jornal do Brasil
A- A+

Publicado: 14/11/2017 às 05h15min

Aécio Neves garante que sua participação na eleição presidencial em 2018 é certa Jornal do Brasil

O senador Aécio Neves, presidente licenciado do PSDB, foi alvo de críticas de tucanos durante a convenção estadual do partido no domingo (12), na Assembleia Legislativa de São Paulo. No plenário e nos corredores da casa, militantes gritaram “Fora, Aécio”.

No sábado (11), na convenção do PSDB-MG, Aécio disse que seria hora do partido deixar a administração de Michel Temer, mas “pela porta da frente, da mesma forma como entramos”. O tucano também aproveitou para garantir que sua participação nas eleições em 2018 é certa, mas não especificou o cargo ao qual concorreria.

Aécio foi licenciado da liderança tucana após a descoberta de uma gravação em que ele pede R$ 2 milhões ao empresário e delator da JBS Joesley Batista.

Aposta em Alckmin

A convenção também foi marcada pela manifestação de apoio à candidatura do governador paulista Geraldo Alckmin à presidência. Representantes de cinco partidos aliados no Estado (PTB, PV, PPS, DEM e PSB) estiveram presentes no encontro.

“Temos que saber jogar o jogo do século 21”, ressaltou Alckmin. “Devemos ser o Zé Ninguém a serviço de uma grande causa.”
O prefeito João Doria, por sua vez, que chegou junto com Alckmin e foi embora antes do término da convenção, declarou: “É de São Paulo que sairá a força para vencer a eleição. Vamos erguer a bandeira tucana, a bandeira do PSDB. Não há espaço em São Paulo e no Brasil para a bandeira vermelha.”

“Ele [Aécio] deveria colocar o pijama e voltar para a casa”, declarou Pedro Tobias à imprensa. Tobias foi reconduzido à presidência do diretório paulista da sigla. “Quieto ele ajuda mais”, completou.



Escreva um comentário