porto velho - ro, 21 Setembro 2019 11:36:28

    SilvioSantos

    coluna

    Publicado: 13/09/2019 às 10h51min

    A-A+

    13 de setembro é dia de comemorações

    O dia 13 de setembro não é apenas aniversário de fundação do Diário da Amazônia, da |Rede Rondônia de Televisão e a implantação..

    O dia 13 de setembro não é apenas aniversário de fundação do Diário da Amazônia, da |Rede Rondônia de Televisão e a implantação do Serviço Social do Comércio – Sesc em Rondônia entre tantas comemorações que festejamos neste dia.

    **********

    Na realidade, todos esses eventos tiveram inicio num dia 13 de setembro, para perpetuar a data da criação do Território Federal do Guaporé, cuja Lei foi promulgada pelo então presidente Getúlio Dorneles Vargas no Palácio do Catete na capital federal no Rio de Janeiro no dia 13 de setembro de 1943.

    *********

    O primeiro governador do recém-criado Território foi o Coronel Aluízio Pinheiro Ferreira o responsável pela criação do Território ao convencer o Presidente Getúlio Vargas a vir a Porto Velho ainda no ano de 1940 quando Getúlio proferiu a seguinte frase:

    ***********

    “Em Porto Velho cada soldado é um operário e cada operário um soldado com o objetivo comum de trabalhar pelo engrandecimento da Pátria”.

    ***********

    Segundo os historiadores a visita do presidente seria apenas de Três Horas, porém, ele gostou tanto da recepção do povo da província, que foi ficando e terminou por passar três dias em Porto Velho.

    *********

    Três anos após sua visita a Porto Velho ele convidou o Major Aluízio Pinheiro Ferreira para assumir o cargo de governador da mais nova unidade da Federação o Território Federal do Guaporé.

    ***********

    A solenidade aconteceu na manhã do dia 13 de setembro de 1943, no Palácio Rio Negro, em Petrópolis.

    **********

    A posse de Aluízio ocorreu no dia 24 de novembro de 1943, no Salão Nobre do Ministério do
    Interior e Justiça, no Rio de Janeiro, e a solenidade e instalação do cargo foi efetuada em Porto Velho, no Grupo Escolar Barão Solimões, a 24 de janeiro de 1944.

    ***********

    Pois é daí pra frente começaram as disputas políticas, o negócio pegou de verdade quando em 1950 Joaquim Vicente Rondon rachou com Aluízio e lançou sua candidatura a deputado federal pelo PSP, contra Aluízio Ferreira candidato da posição.

    **********

    Depois surgiram as facções Cutuba (Aluizistas) e Pele Curta (Rondonistas e Renatistas). As disputas politicas passaram a ser super acirradas o que em 1962 chegou ao ápice com o episodio que ficou conhecido como “Caçambada Cutuba”.

    *********

    Parte dessa história será apresentada na noite desta sexta feira no Teatro Guaporé (19h30), através do documentário “Caçambada Cutuba” produzido pelo jornalista Zola Xavier.

    **********

    Vamos lá que a entrada é franca! O Teatro Guaporé fica a rua Tabajara em frente ao SENAC. Nas Pedrinhas.


    Escreva um comentário

    sobre Silvio Santos

    Jornalista. Atualmente é editor do caderno de Cultura do jornal Diário da Amazônia. É um apaixonado pela Cultura de Porto Velho. Mantém uma coluna diário no jornal Diário da Amazônia. Conhecido carinhosamente por Zé Katraka.

    Arquivos de colunas