porto velho - ro, 17 Julho 2019 17:04:55

Silvio Santos

coluna

Publicado: 21/03/2019 às 17h18min

A- A+

A turma do folclore não está pra brincadeira

A turma do folclore não está pra brincadeira! Ontem publiquei os endereços dos ensaios de algumas juninas e também sugeri a direção..

A turma do folclore não está pra brincadeira! Ontem publiquei os endereços dos ensaios de algumas juninas e também sugeri a direção da Federon que seguisse o exemplo da coordenação do Arraial Flor de Cacto e premiasse com dinheiro em espécie, os melhores do Flor do Maracujá.

*************

Não demorou muito e o presidente da Federon meu amigo Fernando Rocha postou o seguinte:

************

Em parte concordo como vc Sílvio na questão da Federon conseguir uma premiação, vamos conversar. O Regulamento dos Bois, é elaborado e aprovado pelos próprios presidentes de grupos de Bois, como presidente da Federon só tenho que acatar, agora se quiserem colocar todos esses quesitos não tenho nada contra, afinal a Federon somos todos nós.

**********
Meu amigo Fernando, não é bem assim não! A diretoria da Federon tem poderes para nomear uma Comissão para elaborar o Regulamento e mais, essa Comissão deve obedecer o que o Decreto de Criação da Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás do Arraial Flor do Maracujá que diz, que a Mostra, tem como objetivo fomentar, divulgar e preservar a cultura do estado de Rondônia em especial da Cidade de Porto Velho.

**********

E é claro que alguns diretores de grupos de Bois Bumbás, não querem que conste do Regulamento o quesito TOADA, pois preferem valorizar as toadas dos Bois de Parintins, a convocar nossos compositores a compor toadas falando do seu tema.

*********

No início o Regulamento dizia que pelo menos 70% das toadas deveriam ser inéditas.

*********

Depois, mudaram para apenas a TOADA que fosse inscrita para concorrer ao quesito MELHOR TOADA teria que ser inédita.

**********

E no ano passado, por uma artimanha de alguns dirigentes de bumbás, o quesito MELHOR TOADA (inédita) foi tirada do Regulamento.

**********

Agora vem o presidente da Federon dizer que o Regulamento dos Bois foi feito pelos dirigentes dos Bois. Isso não pode acontecer. O Regulamento tem que ser elaborado por uma Comissão nomeada pela direção da Federon, que até pode contar com pessoas ligadas aos Bois Bumbás mas, na maioria, deve ser integrada por pessoas de alto conhecimento da BRINCADEIRA DE BOI BUMBÁ e sua Cultura e principalmente, conhecer de Ponta Cabeça o Decreto do Governo do Estado de Rondônia que criou a Mostra de Quadrilhas e Bois Bumbás que acontece desde 1983 no Arraial Flor do Maracujá.

**********

Vou alertar os colegas da Federon: Caso, o Decreto de Criação do Flor do Maracujá não seja observado na elaboração do Regulamento das apresentações folclóricas deste ano de 2019, vamos protocolar Denuncia no Ministério Público.

**********

Nossas tradições precisam voltar a ser respeitadas. O Flor do Maracujá é uma festa cultural de Porto Velho e por isso, tem que preservar a cultura do nosso povo.

*********

Sobre a premiação o presidente Fernando Rocha escreve: É bom deixar mais claro essa premiação do Flor do Cacto de 15 mil, para não ser como no ano passado, que disseram que era uma premiação de 10 mil, mais no final não foi bem isso, porque foi tirado transporte, jurados tudo dos 10 mil, logo a premiação para os grupos não foi de 10 mil foi bem menos, o que deve ser feito e dito é se é 15 mil para os grupos, então transporte e jurados ou outras despesas, tem que ser de outra fonte. Só pra lembrar.

**********
Fernando Rocha prossegue: Vou sentar com a diretoria e ver a questão da premiação, pela Federon. Vale salientar que os recursos arrecadados das barracas, é para o custeio do evento em geral e manutenção da entidade durante o ano todo que só de energia se paga um absurdo. Agora se conseguirmos um patrocínio e se a maioria deliberar que seja feito premiação sem problema.

*********

Para encerrar. A quadrilha Rosas de Ouro ensaia na quadra esportiva Padre Mário a rua Campos Sales perto do Salve Jorge.


Escreva um comentário

Arquivos de colunas