Porto Velho/RO, 31 Agosto 2021 09:41:53
Diário da Amazônia

Ação sustentável chega à cidade de Ariquemes

Servidores da comarca vão adotar a utilização de canecas em lugar de copinhos.

Por Assessoria
A- A+

Publicado: 06/12/2017 às 05h05min

Servidores e magistrados receberam canecas e garrafas da campanha do Tribunal

Representantes do Núcleo Socioambiental e da Comissão de Plano de Logística Sustentável do tribunal de Justiça viajaram até a comarca de Ariquemes para incentivar a contribuir com o meio ambiente deixando de usar copos descartáveis. A sensibilização ocorreu logo após a solenidade de assinstura da ordem de serviço para a retomada da construção do novo Fórum de Ariquemes, por isso contou com o incentivo do próprio presidente do TJRO, desembargador Sansão Saldanha, que entregou aos magistrados canecas e garrafinhas da campanha. “O Tribunal está tomando uma série de medidas para colaborar e está na hora de todos nós nos envolvermos, dando a nossa contribuição à natureza”, disse o presidente. Logo após a cerimônia, foi a vez dos servidores receberem os itens da sustentabilidade. Um vídeo institucional de sensibilização pelo consumo consciente foi exibido conclamando a todos a participar da iniciativa por um meio ambiente melhor.

PLS

O Tribunal de Justiça lançou em abril o Plano de Logística Sustentável, o PLS/PJRO 2020, um instrumento vinculado ao Plano e à Gestão da Estratégia do Poder Judiciário do Estado de Rondônia 2015-2020, que declara a Responsabilidade Social e Ambiental como valor institucional, comprometendo-se com o empenho na melhoria de práticas sociais e ambientais responsáveis, procurando sempre atender às necessidades imediatas da sociedade, bem como adotar rigorosa atenção nas tomadas de decisões, considerando as possíveis implicações sociais e ambientais futuras.

Toda ação dentro do Plano procura alcançar metas, prazos de execução e mecanismos de monitoramento e avaliação de resultados, que permitem estabelecer e acompanhar práticas de sustentabilidade que objetivam uma melhor eficiência do uso dos recursos e da gestão dos processos de trabalho, considerando a visão sistêmica do PJRO.



Deixe o seu comentário