porto velho - ro, 21 Setembro 2019 11:54:23
    Geral

    Diário da Amazônia, 26 anos de história ao seu lado

    O jornal Diário da Amazônia completa neste mês 26 anos de atuação no Estado de Rondônia, levando credibilidade, interação,..

    Por Redação Diário da Amazônia
    A-A+

    Publicado: 11/09/2019 às 18h08min | Atualizado 13/09/2019 às 11h47min

    O jornal Diário da Amazônia completa neste mês 26 anos de atuação no Estado de Rondônia, levando credibilidade, interação, modernidade e uma riqueza de conteúdo a favor dos interesses de Rondônia e da Amazônia. São 26 anos de luta, dedicação e comprometimento com a verdade e com o público rondoniense.

    Casal Assis e Nair Gurgacz, fundadores do Diário da Amazônia

    O jornal Diário da Amazônia foi criado em 13 de setembro de 1993 pelo Grupo Gurgacz, que desde 1990 já sonhava em investir na área da comunicação no estado. A primeira edição do jornal foi elaborada em uma pequena casinha de madeira da Empresa União Cascavel de Transportes e Turismo (Eucatur), em Porto Velho. O Grupo Gurgacz e os demais jornalistas convidados a trabalhar no jornal lançaram o Diário depois de dois meses intensos de dedicação e preparação. O objetivo era tornar o Diário da Amazônia em um grande veículo de comunicação com circulação na Amazônia.

    O Diário foi o primeiro jornal diário informatizado de Rondônia. Na época, trabalhavam cerca de 30 pessoas, divididos por editorias com os principais assuntos da região. A primeira edição circulou com quase 50 páginas e o jornal passou a rodar de segunda a domingo, por todo o estado de Rondônia e também no Acre, Manaus e Brasília.

    Na época,o Diário foi o primeirojornalinformatizado, e nasceu como um grande jornal da Amazônia. Naquela época, a redação tinhamuita gente.Apesar das dificuldades, o jornal cresceu”,contou o jornalista Carlos Sperança,integrante da equipefundadora do Diário da Amazônia.

     

    AVANÇOS

    Nos últimos anos, os principais jornais dos estados, com exceção do Rio de Janeiro e São Paulo, fecharam ou se tornaram online em decorrência da evolução de outros meios de comunicação com o avanço da internet. Mas, em Rondônia, o Grupo Gurgacz tem dado prioridade ao Diário da Amazônia que hoje é o único jornal diário que conseguiu sobreviver com circulação em todos os municípios de Rondônia.

    O jornal Diário da Amazônia também teve que se ajustar para aproximar seus leitores e acompanhar as mudanças decorrentes da modernização constante da internet na forma de publicar e informar. O Diário da Amazônia hoje é um jornal consolidado no mercado e possui um grande público de leitores.

    Segundo o jornalista Carlos Sperança, o Diário tem vida longa porque é prioridade do Grupo Gurgacz. É único jornal em circulação no estado, além de ser um prestador de serviços.

    “Há 25 anos Rondônia tinha cinco jornais. De lá para cá a evolução foi muito grande na comunicação e a parte impressa tem caído nos últimos anos devido ao surgimento da internet, dos jornais online e das mídias sociais. O Diário foi obrigado a se ajustar, mas continua forte”, disse.

    Atualmente o jornal possui uma equipe de jornalistasaltamente profissionais que sabem fazer etransmitir a notícia da forma que ela é. O Diário tem uma boa distribuição no estado econtinua investindo porque acredita no potencial do mercado. De acordo com o gerente comercial Paulo de Tarso Cabralo jornal mantém o público de assinantes, além dos leitores que compram diariamente o jornal nas bancas.

    O jornal impresso não acabou, o jornal impressose mantémforte, continuamos no mercado e vamos permanecer por muitos anos. O Diário é um jornal jovem, mas é o único que permaneceu. E permanece forte porque tem uma equipe que faz o jornal diariamente com profissionalismo”, disse Paulo.

    ONLINE

    Com o objetivo de crescer, evoluir na comunicação e conquistar um novo público, o jornal Diário da Amazônia também migrou para o online. Hoje o Diário da Amazônia é formado pelo site, impresso e pela assinatura digital, com direito a edição impressa em PDF na internet. Com quatro anos de atuação, o Diário Online já possui mais de 1 milhão de acessos mensais.

    “Nosso objetivo é alcançar muito mais, com conteúdos diferenciados, atualizados e com veracidade”, destacou Paulo de Tarso.

    Os trabalhos dos dois veículos são integrados, onde o impresso fortalece o site e o site fortalece o impresso. São linhas diferentes, mas um completa o outro.

    “O leitor de jornal impresso tem uma idade maior e os jovens preferem o diário online, mas o leitor tradicional, de 40 anos, é maior no impresso”, disse Carlos Sperança, jornalista que vivenciou de perto o início do jornal.

     

    PROJETO GRÁFICO

    Para comemorar os 26 anos de história e atender melhor os leitores e oferecer a eles um material com mais qualidade e modernidade, o jornal Diário da Amazônia passa a circular, a partir deste mês, com um novo design, com uma nova diagramação diferente, projetos gráficos mais modernos, com textos mais curtos, páginas mais claras, utilização de mais infográficos e destaques para notícias principais. O novo projeto gráfico faz parte da evolução e conquista do Diário nos últimos 25 anos.

     

    NOVOS PROJETOS

    O Diário vai criar conteúdomais direcionadospara o público mais jovem. Será um novo projeto que vai atrair e aproximar esse público para o jornal.

    “Nós começamos com um projeto junto com a Semed onde serão distribuídos exemplares para o incentivo da leitura. Os professoresfarão trabalhos com os jornais dentro das salas de aulas com os alunos”,antecipouo gerente de comercial Paulo de Tarso.

     

    “Nesses 26 anos do Diário da Amazônia quero cumprimentar todos aqueles que trabalham dia-após-dia para fazer esse jornal: os jornalistas – repórteres, fotógrafos e editores, colunistas, o editor-chefe, o pessoal da gráfica, do comercial, administrativo e financeiro, os entregadores e banqueiros, enfim todos que trabalham para que o jornal chegue com qualidade até os leitores, levando a verdade, aquilo que é importante para que a população de nosso Estado possa se informar. Que vocês que trabalham no diário da Amazônia continuem dessa forma, levando a verdade, a notícia nua e crua, até os leitores. Também agradeço o apoio da população, dos anunciantes e fornecedores, que também contribuem para que tenhamos um jornal cada vez melhor. Um abraço e parabéns a todos”.

    Acir Gurgacz – Senador

     

    “O jornal Diário da Amazônia é um veículo de comunicação confiável e respeitado porque sempre se pautou pela verdade. Nossos colaboradores sempre foram muito bem selecionados para manter o padrão editorial que, ao longo desse tempo, pudessem construir e manter o valor e confiança da marca. Todo o produto jornalístico é pensado de forma a atender os interesses da comunidade, acima de qualquer outro interesse”.

    Ana Gurgacz – Diretora Geral do SGC

     

    “Mais do que um jornal impresso e digital, o Diário da Amazônia, é um importante canal de informação responsável e verdadeira para a população de Rondônia. O jornal formou uma equipe com muita responsabilidade e que conquistou a confiança da população de Rondônia. É com muita felicidade que completamos esses 26 anos e continuamos em constante transformação, levando a informação verdadeira e com transparência, cada vez mais rápida ao leitor, agora com forte atuação no meio digital”.

    Empresário Assis Marcos Gurgacz – Diretor do Grupo Eucatur

     

    “Vinte e seis anos do Diário da Amazônia. Me lembro como hoje, ainda com aquele palavreado caboclo, eu comentava, naquela época, que estava nascendo uma criança, mas que com a credibilidade dos empreendedores e das pessoas envolvidas, dos diretores, como Emir Sfair, e de todos os jornalistas e colaboradores, nós teríamos sucesso e um grande jornal. Então eu me orgulho, hoje, 26 anos depois, de dizer que o que planejamos se tornou realidade, pois temos um grande jornal, formado por pessoas que trabalham com responsabilidade, para levar notícias sérias e verdadeiras para a população de Rondônia. Parabéns a todos os colaboradores do Diário da Amazônia, desde o princípio até os dias atuais. Aproveito para agradecer a todos os rondonienses que nos ajudaram nesses 26 anos, para consolidarmos mais mais uma obra da família Gurgacz, do Grupo Eucatur”.

    Empresário Assis Gurgacz – Presidente do Grupo Eucatur

     

     



    Escreva um comentário