Porto Velho/RO, 21 Setembro 2020 01:28:34
Diário da Amazônia

Estoque de sangue volta cair no Hemocentro

Na última semana, a unidade chegou a realizar apenas três procedimentos.

Por J. Nogueira Diário da Amazônia
A- A+

Publicado: 17/09/2020 às 14h29min | Atualizado 17/09/2020 às 14h36min

O movimento do Hemocentro de Ji-Paraná, localizado na avenida Clovis Arraes, centro, voltou a preocupar a direção da referida unidade, em decorrência da diminuição na presença de doadores de sangue voluntários. Para conseguir melhor o estoque de sangue, foi iniciada uma mobilização junto a população através da imprensa e nas redes sociais. A informação foi prestada pelo Diretor Técnico da unidade, médico Luiz Carlos que reforçou a convocação de doadores com objetivo de se manter o estoque de sangue em bom nível.

Situação regularizada

Luiz Carlos informou que para o sistema não entrar em colapso, todos os servidores do órgão estão envolvidos no sentido de sensibilizar os doardes a voltar a fazer sua ação solidária (doar sangue), e com isso, consegui equilibrar as demandas de procura com as necessidades da unidade. “ A nossa situação, somente não é considerada caótica em decorrência do cancelamento, provisoriamente, das cirurgias eletivas, em todo o Estado.

Antes da chegada da pandemia do novo Coronavírus, o Hemocentro de Ji-Paraná registrava, em média, 35 pessoas para fazer doação de sangue. Na última semana, a unidade chegou a realizar apenas três procedimentos.

“Apesar da reabertura gradual das atividades essenciais, o nosso volume de voluntários, ainda está abaixo do normal” lamentou Luiz Carlos.

Mais solicitados

Atualmente, os tipos de sangue mais solicitados pelas unidades de saúde pública e particular, são os de O- e O+. O estoque de sangue deverá ser normalizado com a volta das coletas feitas nas empresas e nos distritos de Nova Londrina e Nova Colina, além de municípios próximos da região central do Estado.

Para doar sangue

Para poder doar sangue a pessoa precisa ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50kg. Portar documento oficial com foto e menores de 18 anos só com o consentimento dos responsáveis. Pessoas com febre, gripe ou resfriado, diarreia recente, grávidas e mulheres no pós-parto não podem doar temporariamente.



Deixe o seu comentário