porto velho - ro, 20 Julho 2019 05:52:57
Polícia

Família busca corpo de locutor assassinado a pauladas

Irmã negou que Sidnei sofresse de problemas mentais

Por Folha do Sul Online
A- A+

Publicado: 16/06/2019 às 08h44min

O FOLHA DO SUL ON LINE conversou com a irmã do locutor Sidnei de Oliveira Petini. O homem de 40 anos foi atacado a pauladas, na tarde de ontem, em Vilhena.

Segundo a entrevistada, o irmão morava em Rolim de Moura mas, no ano passado, “fez uma escolha errada” a passou a perambular por várias cidades de Rondônia. Antes de se mudar para Vilhena, onde atuava como locutor/animador de lojas, ele havia tentando vender espetinhos em Cacoal. “Ele ligava para a família para dizer onde estava”.

A familiar também desmentiu que o irmão tivesse algum tipo de problema mental, como inicialmente foi cogitado. Ela disse não saber os motivos para o ataque tão violento contra ele.

De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado na polícia, ao ser atacado, Sidnei teria gritado para o agressor, que ainda não foi identificado: “Não faz isso, eu vou te pagar”. A frase, acreditam os investigadores do caso, indicam que a vítima foi assassinada por dívidas relativas a drogas.

O corpo do comunicador segue hoje para Rolim de Moura, onde será velado e sepultado.



Escreva um comentário