porto velho - ro, 20 Agosto 2019 19:33:10
Variedades

Figurão da Globo News se irrita com ministra: “Fale menos”

Merval Pereira saiu do sério com declarações de Damares Alves durante longa entrevista no Jornal das 10

Por Blog Sala de TV
A- A+

Publicado: 04/01/2019 às 15h35min

No mesmo dia em que sua frase “menino veste azul e menina veste rosa” viralizou na internet, a Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, foi sabatinada por uma hora no principal telejornal noturno da GloboNews.

Vestindo estampa geométrica nas cores preto e branco, a advogada e pastora evangélica respondeu perguntas do âncora Heraldo Pereira e dos comentaristas Cristiana Lôbo, Gerson Camarotti e Andréia Sadi (vestindo azul), no estúdio em Brasília, e de Merval Pereira, que participou via telão, do Rio.

Foi Merval, homem de confiança do clã Marinho, que roubou a cena. Em vários momentos, o veterano jornalista protestou contra colocações da ministra.

Ele ficou indignado com a opinião de Damares de que o Enem pode prejudicar os laços familiares do universitário aprovado em instituições de ensino longe de sua cidade.

“No mundo inteiro os estudantes mudam de estado pra trabalhar, estudar, saem da família”, disse. “Não vejo como o Enem possa atrapalhar a família brasileira.”

A ministra Damares Alves postou nas redes sociais foto tirada ao lado da logomarca da Globo

A ministra insistiu na defesa de uma mudança estrutural no Exame Nacional do Ensino Médio.

O jornalista se irritou: “A senhora acha que é papel do governo se meter na família, em como a família vai resolver seus problemas?”

“O Estado não pode se omitir com a questão do enfraquecimento dos vínculos familiares”, retrucou Damares.

Em outro momento, Merval voltou a questioná-la: “Não estou entendendo exatamente aonde a senhora quer chegar com essa política pública que é uma intromissão na vida das pessoas”.

Foi ele quem tocou em outro tema que suscita controvérsia entre integrantes do novo governo.

“A senhora acha que família é a composição de homem e mulher ou aceita os novos tipos de família que existem, modernamente?”

“O ministério vai respeitar os vínculos”, respondeu Damares.

“Eu quero saber é se a senhora acha que homossexuais formam uma família, se podem adotar filhos”, insistiu o comentarista.

Damares Alves disse que a adoção por gays já é possível. Merval a interrompeu: “Quero saber é se a senhora quer mudar isso”.

“Nenhum direito adquirido será violado”, afirmou a ministra.

Famoso por não ter filtro, Merval Pereira, que é imortal da Academia Brasileira de Letras, lançou um questionamento lancinante à entrevistada.

“Ministra, a senhora não está tendo que se explicar muito a cada declaração? Como os assuntos são todos polêmicos e delicados, não seria melhor falar menos e fazer mais?

“As minhas falas estão sendo pinçadas de mensagens em igrejas, de palestras, enquanto pastora”, justificou Damares.

Já quase no final da entrevista, a ministra surpreendeu ao afagar justamente seu entrevistador mais contundente.

“Gosto muito de você, Merval. Muito mesmo. Tem cara de bravo, mas eu gosto”.

Merval riu, quase tímido. “Muito obrigado.” O nome do jornalista foi parar no Trending Topics, o ranking dos assuntos mais comentados no Twitter.

No encerramento, Damares Alves foi simpática com o grupo de jornalistas da GloboNews: “Já acabou? Quero voltar”.

A ministra é, até agora, o membro mais midiático do primeiro escalão do governo.

O fato de ser “terrivelmente cristã” a tornou um alvo de quem contesta a mistura de religião com o Estado laico.

Ela tem razão ao reclamar que frases descontextualizadas são usadas pela imprensa, e nas redes sociais, para ridicularizá-la.

Precisa aprender rápido que o jogo é esse. Ou muda sua retórica ou terá dificuldade de ser levada a sério na mídia.



Escreva um comentário