Porto Velho/RO, 31 Julho 2020 11:08:42
Polícia

Invasores iniciam queimada em fazenda para tentar intimidar PM em reintegração de posse

Reintegração de posse foi feita na fazenda Jatobá, em Machadinho D'Oeste. Uma pessoa foi presa em flagrante.

A-A+

Publicado: 31/07/2020 às 11h07min | Atualizado 31/07/2020 às 11h08min

Invasores iniciam queimada em fazenda durante reintegração de posse — Foto: 8°BPM/Divulgação

Policiais do 8° Batalhão de Polícia Militar (BPM) realizaram uma operação de reintegração de posse na fazenda Jatobá, localizada no município de Machadinho D’Oeste (RO), Vale do Jamari. Durante o cumprimento do mandado judicial, os invasores atearam fogo em uma pastagem para provocar queimada e assim intimidar o comboio policial.

A reintegração de posse iniciada no dia 28 de julho teve apoio do Núcleo de Operações Aérea (NOA) e Politec e, segundo o BPM, quando o helicóptero se aproximou da fazenda os invasores saíram correndo em meio ao matagal.

Por terra, outra equipe policial adentrou na área de mata, onde foram encontrados alguns barracos, uma espingarda, rojão, uma motocicleta, roupas, colchões, utensílios domésticos e dois motosserras.

De acordo com a PM, o acampamento foi montado pelos invasores em uma área de difícil acesso.

Nos dois dias seguidos de deslocamento dos 40 policiais até o ponto do acampamento, os invasores colocaram fogo em uma grande área de pastagem. O objetivo era intimidar e impedir a aproximação do comboio policial.

Um suspeito foi preso flagrante por ter ateado fogo na fazenda invadida e o homem foi conduzido à delegacia. Ele deve responder por crime ambiental.

O mandado de reintegração de posse na fazenda foi autorizado pelo pode judiciário, “objetivando a ordem pública, a incolumidade das pessoas e do patrimônio, além de garantir a segurança física do Oficial de Justiça”.

Acampamento é descoberto dentro de mata em fazenda de RO — Foto: 8°BPM/Divulgação

Espingarda é apreendida em fazenda de Rondônia — Foto: 8°BPM/Divulgação



Deixe o seu comentário