Porto Velho/RO, 07 Dezembro 2019 03:58:05
    Polícia

    Padrasto é preso suspeito de estuprar enteada durante 10 anos

    Segundo a polícia, a mãe da garota de 15 anos descobriu o crime quando a vítima ainda tinha 5 anos.

    A-A+

    Publicado: 21/09/2019 às 07h45min

    Um homem de 39 anos, foi preso suspeito de estuprar a própria enteada de 15 anos, em Manaus. Ele foi apresentado na manhã desta sexta-feira (20), na sede da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), no conjunto Morada do Sol, bairro Aleixo, Zona Centro-Sul de Manaus.

    Segundo a delegada Joyce Coelho, titular da Depca, os abusos começaram quando a menina tinha apenas 5 anos de idade. Ele aproveitava que ficava a sós com a garota na casa deles, localizada no bairro Lago Azul, na Zona Norte, para cometer os crimes.

    De acordo com a polícia, o suspeito fingia que iria brincar com a enteada e consumava o estupro. Após o crime, ele ameaçava a garota para não contar a ninguém. A mãe, então, teve conhecimento do que acontecia, mas não denunciou o crime durante 10 anos e ainda pedia para a filha não falar para ninguém.

    A polícia também informou que várias pessoas da família da vítima descobriram e tentaram denunciar o crime, mas sem sucesso. Há 6 meses, outro familiar procurou a Depca e contou sobre o que estava acontecendo. A equipe começou a investigação e levantou indícios suficientes para que os abusos fossem comprovados.

    Ainda a polícia destacou que a mãe continuo negando o crime e impedia que a filha fosse até a delegacia prestar esclarecimentos, mas policiais acabaram conseguindo uma autorização para irem até a escola que a vítima estudava. Na instituição, a garota de 15 anos relatou o que aconteceu e que pensou até em tirar a própria vida por conta do crime. Em seguida, a titular da Depca pediu a prisão preventiva do suspeito e uma ordem judicial foi expedida no dia 13 de setembro.

    Na manhã dessa quinta-feira (19), por volta das 8h, uma equipe da polícia, com o mandado de prisão preventiva em mãos, prendeu o suspeito na Comunidade Parque São Pedro, bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus.

    Como já possui um mandado de prisão preventiva, o homem vai ser encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDPM), localizado no quilômetro 8 da BR-174. A mãe também deve ser indiciada por permitir a prática do crime.

    Fonte: acritica

     



    Deixe o seu comentário