Porto Velho/RO, 02 Abril 2020 15:27:11
Capital

Prefeito mobiliza equipe para licitação do Shopping Popular

Projeto vai atender 600 permissionários que foram deslocados do antigo shopping após a enchente de 2014

A- A+

Publicado: 20/03/2018 às 09h19min | Atualizado 20/03/2018 às 11h08min

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, se reuniu na manhã desta segunda-feira (19) com o subsecretário municipal de Serviços Básicos (Semusb), Wellem Prestes, representantes dos permissionários do antigo Shopping Popular e do Departamento de Postura do município para tratar da situação dos comerciantes que hoje estão instalados na Praça Jonathas Pedrosa e imediações.

O deslocamento dos permissionários do antigo local decorreu da cheia histórica do Rio Madeira, em 2014, que atingiu todos os boxes e deixou avarias que impossibilitaram o retorno deles para o local que acabou sendo transformado no terminal de integração de transporte urbano, hoje desativado.

Desde que assumiu o cargo em janeiro do ano passado, o prefeito dr Hildon Chaves, que já tinha conhecimento da situação, vem reunindo sua equipe em busca de uma solução que não só beneficiasse os trabalhadores mas também para que a praça seja desocupada para uso pela população.

Após várias tratativas, o prefeito definiu que vai lançar licitação para a construção e exploração do novo Shooping Popular, a ser construído no mesmo local. “A empresa que vencer o processo, além de construir também vai explorar economicamente o espaço durante um período de até 20 anos. Depois desse prazo será incluído no patrimônio da prefeitura que definirá como será o uso a partir de então”, explicou o prefeito.

Segundo dr Hildon, os boxes serão locados por um preço acessível aos comerciantes que contarão com um espaço adequado, com a toda a estrutura necessária para que os micro-empreendedores possam exercer suas atividades de forma mais digna. “A nossa expectativa, e estamos trabalhando para isso, é que o processo seja lançado ainda neste semestre. Com essa obra entregue vamos atender esses permissionários, priorizando os mais antigos, claro, e ajudar a organizar melhor nossa cidade, liberando o espaço da praça para voltar a ser utilizada pelo fim com o qual foi criada, além de movimentar a economia da cidade e gerar mais empregos, já que o empreendimento será mantido por uma empresa que deverá zelar pelo local”, completou.

Para o subsecretário Wellem Prestes, responsável pela pasta que trata da questão da fiscalização dos permissionários, um projeto importante para a cidade que vai melhorar não só visualmente, mas que vai organizar o setor. “A intenção do prefeito é disponibilizar 600 boxes. Depois disso a fiscalização será mais rigorosa, pois hoje temos reclamação diária da população quanto à ocupação da praça, da dificuldade na mobilidade nessa região, dos permissionários que dizem ser discriminados, então esse novo espaço vai resolver de vez toda essa problemática”, relatou Prestes.

O prefeito de Porto Velho destacou que esta iniciativa faz parte de uma série de ações que buscam oferecer à população da capital e demais visitantes uma melhor estrutura na cidade, e dentro dela está a revitalização do complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré.

“Hoje eu já consegui a cessão de uso da EFMM por 50 anos, consegui juntar todos os envolvidos nessa questão, como MPE, MPF, Iphan, Ferroviários, e demais interessados no assunto, para que trabalhemos juntos, para que esse espaço seja devolvido à nossa cidade. Falta pouco para isso ser resolvido de vez. Queremos um amplo espaço com calçadão, restaurantes e uma vista linda pro nosso Rio Madeira. Nosso povo merece e estamos trabalhando duro para isso”, completou.

Os permissionários presentes comemoraram a notícia e se disseram esperançosos. “Estamos há anos esperando por uma solução. A maioria de nós sustenta sua família desse trabalho. E perdemos muitos clientes quando saímos dali. Esse projeto acontecendo nossas vendas não só vão voltar como eram antes, mas poderemos até conquistar novos compradores”, destacou um dos participantes.



Deixe o seu comentário