porto velho - ro, 11 Novembro 2019 17:30:54
    Diário da Amazônia

    Prefeitura e Saae anunciam R$ 72 milhões para Alvorada

    A prefeitura de Alvorada do Oeste, por meio da Superintendência do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), anunciou investimentos de..

    A- A+

    Publicado: 08/11/2019 às 08h53min

    Foto: divulgação

    A prefeitura de Alvorada do Oeste, por meio da Superintendência do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), anunciou investimentos de R$ 72 milhões para solucionar os problemas da falta de água com a implantação do Plano municipal de Saneamento Básico (PMSB).

    No curto prazo, serão substituídas as camadas filtrantes nas três unidades da Estação de Tratamento (ETA) com recursos do próprio Saae, empenhados pelo Pregão Eletrônico N° 067/CPL/2019 do Processo 130/SAAE/2019.

    A Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan) anunciou ainda que o projeto de lei em breve será discutido e votado na Câmara Municipal, que instituirá o Plano Municipal de Saneamento Básico, Abastecimento de Água, Esgotamento Sanitário, Limpeza Urbana e Manejo de Águas Pluviais em todo o território do município de Alvorada do Oeste, em conformidade estabelecida pela Lei Federal n° 11.445/2007 e Lei Federal n° 12.305/2010.

    De acordo com metas emergenciais de curto, médio e longo prazo para a universalização dos serviços de Saneamento Básico, devem ser investidos recursos de até R$ 72 milhões, devidamente projetados no plano pelo Convênio nº 595/2010. O prefeito José Valter da Silvia (MDB) lembrou que o convênio estava paralisado havia 4 anos, sendo retomado e concluído pela atual administração municipal.

    Com ele, estima-se melhorias públicas para os próximos 20 anos, prazo estabelecido para implantação do Plano municipal de Saneamento Básico (PMSB). As medidas de saneamento devem resolver definitivamente os problemas no abastecimento de água na zona urbana do município. Serão feitos investimentos para substituição de equipamentos que fazem a filtragem da água nas três unidades de tratamento.

    Fonte: Assessoria



    Deixe o seu comentário