porto velho - ro, 21 Setembro 2019 22:06:28
    Diário da Amazônia

    RO: Japonês conquista desconto de R$ 45 milhões junto à Energisa

    Japonês conquista desconto de R$ 45 milhões na dívida de iluminação pública de Vilhena junto à Energisa

    Por Assessoria
    A-A+

    Publicado: 19/07/2019 às 08h37min | Atualizado 19/07/2019 às 08h58min

    Reunião do prefeito com a diretoria da empresa em Porto Velho também tratou da implantação de LED na cidade R$ 45 milhões a menos. Esse foi o desconto conquistado pelo prefeito Eduardo Japonês junto à Energisa na quarta-feira, dia 17, em reunião na capital rondoniense. Acumulada desde 1993, a conta de energia da iluminação pública de Vilhena já somava quase R$ 87 milhões. Em ato inédito, o prefeito renegociou o valor, reduzindo-o para mais da metade, além de ter assegurado investimentos milionários em lâmpadas de LED no município por parte da empresa.

    “Estamos há 9 meses negociando essa dívida, que é mais um problema crônico de Vilhena que resolvemos enfrentar. Depois de 26 anos de dívida acumulada, conseguimos um bom acordo com a Energisa. Essa é uma conquista de Vilhena que nos permite investir ainda mais na cidade”, explica o prefeito Eduardo Japonês.

    O prefeito fez questão de frisar o grande apoio que os vereadores deram à esta missão. Sempre acompanhando as negociações, os parlamentares reforçaram os pedidos de Japonês e agora todos colhem bons frutos desta união. Eduardo lembra também que a dívida só não aumentou devido à coragem dos vereadores em aprovar o reajuste da Cosip (Contribuição de Serviços de Iluminação Pública), no fim de 2018. Isso permitiu que, pela primeira vez na história, a Prefeitura começasse a pagar em dia a fatura mensal da iluminação pública.

    “A primeira etapa desta negociação foi estancar o déficit mensal de arrecadação, através da aprovação da Cosip junto com os vereadores, que encamparam essa luta. Assim, com as contas em dia e a dívida estancada, pudemos partir para a segunda etapa: a renegociação, de fato, do valor devido”, conta Japonês.

    O presidente da Câmara de Vereadores, Ronildo Macedo, elogiou e agradeceu o prefeito pela determinação em resolver o problema. “Somos parceiros da administração quando as iniciativas são boas para a cidade. Muitos condenaram a Câmara pelo aumento da Cosip, mas confiamos nas análises técnicas da equipe da Prefeitura e na decisão do Japonês. Aí está a prova de que valeu a pena: estancamos a dívida e agora conseguimos um desconto incrível”, diz.

    METADE DE VILHENA COM LED – A expectativa é que até o fim de 2020 cerca de 50% dos 16 mil pontos de iluminação da cidade sejam substituídos por LED, que duram 3 vezes mais e gastam 60% menos energia. Isso será possível pois o prefeito conseguiu, ainda na reunião, garantias da Energisa em investir R$ 3,3 milhões na instalação de mais de 3 mil lâmpadas de LED na cidade até dezembro deste ano. Além disso Japonês se comprometeu em instalar aproximadamente 5 mil lâmpadas de LED através da Prefeitura.

    “Essas duas ações, juntas, farão com que a conta de energia do município reduza em R$ 190 mil por mês, exatamente o valor da parcela que renegociamos com a Energisa. A dívida será paga em razão dos investimentos em eficiência energética e consequente economia. Esses são os resultados da atuação de uma gestão que planeja e executa de forma consciente, encarando os problemas de frente”, explica Ricardo Zancan, secretário de Planejamento, que acompanhou o encontro.

    COMO FICOU O PARCELAMENTO – Ainda em 2019 a Prefeitura deverá pagar quatro parcelas de R$ 130,6 mil da dívida. A partir de 2020 o município enfrentará 218 parcelas de R$ 190,9 mil. O valor total é mais de 50% menor do que o montante original, e a taxa de juros aplicada é de 0,2% ao mês. Essa proposta de renegociação passará ainda por aprovação da Câmara de Vereadores de Vilhena.



    Escreva um comentário