Porto Velho/RO, 13 Dezembro 2019 16:49:59

    José Luiz

    coluna

    Publicado: 08/12/2019 às 06h00min

    A- A+

    Rondônia é área livre de febre aftosa sem vacinação

    Data histórica O dia 04 de dezembro de 2019 é uma data que deve passar a fazer parte do calendário histórico de Rondônia, quando o..

    Data histórica

    O dia 04 de dezembro de 2019 é uma data que deve passar a fazer parte do calendário histórico de Rondônia, quando o estado foi reconhecido como área livre de febre aftosa sem vacinação, num gesto grandioso do governador Marcos Rocha, do presidente da Assembléia Legislativa, Laerte Gomes, do presidente do Tribunal de Justiça Desembargador Walter Waltemberg, chancelando o documento que abre as porteiras para Rondônia exportar carne para o seleto Mercado Comum Europeu. Isso não é pouca coisa!

    Ninguém é bom sozinho…!

    Para ser justo com a história e não ser ingrato com o processo de retirada da vacina contra a febre aftosa em Rondônia é sempre bom lembrar que a equipe da Agência Idaron, sob a batuta de Júlio Peres, vestiu a camisa, o calção e chuteira abraçando a idéia de suspender a vacinação contra a febre aftosa, por entender o que representa para economia do estado, este evento que ainda contou com o aval de 20 deputados estaduais. Na sombra da aba do chapéu de Rondônia, alguns municípios de Mato Grosso e Amazonas também passam a ser beneficiados.

    Baita patrimônio

    Com um rebanho bovino superior aos 14 milhões de cabeças, Rondônia ocupando a 5ª posição no ranking nacional disputando espaços com gigantes do nível de Goiás, Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul, só necessita que os técnicos da Agência Idaron se mantenham vigilantes, para que este patrimônio no valor de R$ 30 bilhões se mantenha protegido do vírus da febre aftosa. Porém, os pecuaristas também devem fazer a sua parte se mantendo atentos de olho nas fronteiras vizinhas.

    Longe de tudo e de todos

    No ponto de vista técnico e conhecedores no assunto, dificilmente o Acre conseguirá reverter até março de 2020 para conseguir fazer parte do bloco de estados livre da febre aftosa sem vacinação, na região Amazônica. Somente em 2025, se até lá cumprir todos os protocolos exigidos pelo Ministério da Agricultura, como fez Rondônia, existe essa possibilidade de também exportar carne para o Mercado Comum Europeu. A indolência, a política de “Florestania” acreana esta deixando altos ônus para ser resgatados pelos pecuaristas do estado vizinho.

    O Papai Noel está chegando

    Diante dos altos preços do quilo da carne bovina registrados nos últimos dias, o churrasco de picanha e costela deverá ser substituído pelo pernil de suínos, frango, peixe e peru. Com certeza o Papai Noel vai poupar o sal nos quitutes e festas natalinas alegrando o bolso dos consumidores.

    Finalizando

    Esse pensamento não é meu é do poeta, Mário Quintana: “se você encontrar uma grande árvore derrubada pelo vento na estrada impedindo sua caminhada, não fique triste! Contorne pela direita ou pela esquerda e retome seu caminho pela mesma estrada lá frente”. Só os poetas podem nos dar essa lição de vida. Bom final de semana.


    Deixe o seu comentário

    Arquivos de colunas