porto velho - ro, 22 Agosto 2019 17:17:39
Ciência e Tecnologia

Saiba como usar o Instagram para decolar nas vendas

Empresária foca em quatro pontos e dá dicas de como empreender na rede social

Por NOTÍCIAS AO MINUTO
A- A+

Publicado: 12/01/2019 às 10h02min

Se você já se pegou pesquisando algum serviço ou produto nas redes sociais, saiba que não é o único. As compras online iniciadas em sites como Facebook, Instagram e Linkedin aumentaram 17% em relação ao ano passado. A maioria delas teve como fonte de origem a plataforma das fotos e dos Stories, segundo dados da Salesforce.

Empreender é um desafio que tem feito parte da vida de cada vez mais brasileiros, desde que o Brasil entrou na última crise econômica. A taxa de desemprego não tem recuado como era esperado e muitas pessoas já começaram a tirar do papel antigos projetos de trabalho autônomo. E uma das grandes oportunidades de iniciar um negócio passa pela internet.

Sim, os famosos e-commerces por Instagram são uma saída criativa e libertadora para quem desistiu de encontrar uma recolocação no mercado ou gostaria de pôr em prática o sonho do negócio próprio. Então, por que não aproveitar as promessas de fim de ano para investir em uma carreira empreendedora na internet?

Rose Prock, empresária da marca de produtos de dança, Evidence Ballet, garante. “O Instagram é uma poderosa ferramenta de engajamento, divulgação e venda para quem está iniciando o negócio”. Por isso, ela dá dicas para os marinheiros de primeira viajem que desejam embarcar nessa promessa. Confira abaixo:

Invista nas imagens

Aquilo que os olhos não veem, o coração não sente. Essa afirmação nunca foi tão verdadeira quanto no Instagram. Já que o app é direcionado às fotos, tem que dar aquela caprichada no design e mostrar o máximo de detalhes ao seu potencial cliente. “As pessoas são atraídas pela imagem. Então vale até investir em um fotógrafo profissional para que suas fotos deixem seu produto/serviço ainda mais atraente”, afirma a diretora da Evidence Ballet.

Direcione para a compra

Depois de chamar seu cliente para ver seu produto, é necessário fazer com que ele seja direcionado de uma maneira fácil e rápida à compra. Por isso os links devem estar sempre acessíveis para redirecionar seu cliente. “Não adianta nada fazer um esforço para trazer o cliente até o seu perfil, oferecer a ele um produto de qualidade e conquista-lo, se não houver agilidade e eficiência no fechamento da venda. E, como o Instagram não permite o uso de link nos posts do feed, os Stories desempenham muito bem esse papel”, orienta Rose Prock.

Descubra seu público

Assim como no mundo offline, é preciso saber quem se interessa pelo seu produto antes de sair oferecendo a torto e a direito. E nessas horas, vale gastar um pouco com divulgação na plataforma. “O Instagram oferece muitos filtros de público e interesses. Isso ajuda muito na hora de direcionar um determinado produto e faz toda a diferença no resultado final”, explica.

Nem só de vendas…

É claro que o principal objetivo das empresas, na maioria das vezes, é concluir a venda. Mas não adianta investir todo seu esforço para este fim, pois ninguém se interessa em seguir páginas que estão o tempo todo tentando empurrar algum produto, por melhor que seja ele. Por isso, apostar no engajamento é necessário. “As pessoas precisam se identificar com a empresa e encontrar informações úteis ou descontraídas para o dia a dia. Seja uma curiosidade ou mesmo uma brincadeira descontraída, o conteúdo precisa ser sempre variado”, lembra Rose. “Isso serve tanto como uma isca para seu perfil, quanto como um agente de fidelização do cliente”, finaliza a empresária.



Escreva um comentário