porto velho - ro, 21 Setembro 2019 15:42:59
    Educação

    Seminário de Educação Inclusiva Estadual acontece em Porto Velho

    Ninguém fala de inclusão se ela não tiver no coração, esse e outros foram os preceitos da apresentação do Seminário Estadual da..

    Por Larina Rosa Diário da Amazônia
    A-A+

    Publicado: 21/08/2019 às 14h43min | Atualizado 21/08/2019 às 14h47min

    Foto: Roni Carvalho – Diário da Amazônia

    Ninguém fala de inclusão se ela não tiver no coração, esse e outros foram os preceitos da apresentação do Seminário Estadual da Educação Inclusiva promovido pela Secretaria Estadual de Educação (SEDUC), entre os dias 21 e 22 no Hotel Golden Plaza, em Porto Velho.

    Em dois dias o Seminário oferecerá suporte teórico, técnico e prático a 130 professores de Salas de Recursos Multifuncionais da Capital e outros municípios que trabalham com o processo inclusivos de alunos especiais da rede Estadual de ensino. Rondônia tem em média 5.700 alunos com necessidades educacionais especiais.

    O Núcleo de Educação Especial da Seduc é o setor responsável pela implantação da política de Educação Especial na Rede Estadual de Ensino. Investe na formação continuada de professores de sala de recursos multifuncionais e visa a transformação do sistema educacional de Rondônia em um sistema educacional inclusivo.

    Realizado por intermédio do Núcleo de Educação Especial, Heluiza Patrícia Lara Chefe do Núcleo destaca que em dois dias serão atendidos mais da metade das salas de recursos multiuncionais do Estado, “Acredito que esses dias serão muito produtivos, há mais de 10 anos que não acontece o seminário no Estado de Rondônia. Esses Professores receberam em dois dias oficinas de várias áreas de inclusão”, disse Heluiza.

    Marlene Conrrado é Coordenadora do Ensino Especial e Professora em Jaru, conta que veio até a Capital para participar do seminário de inclusão. Elogiou a nova equipe do Núcleo de Educação Especial da SEDUC, disse que em poucos meses os professores do seu município já receberam treinamento de robótica e agora chegou a vez do seminário com as oficinas. “O seminário vai ajudar o desenvolvimento das crianças em sala de aula. Em Jaru nós temos 300 alunos especiais na rede Estadual, em sala de aula atendo em média 15 alunos”, disse a Professora.

    Segundo a palestrante pedagoga, especialista na educação inclusiva Márcia Cristina Vieira Sales, o objetivo do seminário é frisar a importância da sensibilidade dos professores para o desenvolvimento das crianças. “Todas as crianças tem o seu potencial, cabe a nós os professores saber destacar suas potencialidades e multiplicá-las além dos muros da escola”, pontou.

    Nos dois dias os professores receberam oficinas nas áreas de deficiência intelectual, deficiência visual, deficiência auditiva, transtorno do espectro autista e altas habilidade/superdotação.



    Escreva um comentário