porto velho - ro, 21 Setembro 2019 11:00:34
    Geral

    VEJA RESGATE: Vítimas de queda de avião são servidores do Estado

    Ao todo, oito pessoas estavam dentro da aeronave, que caiu no início da tarde desta segunda (16). Todos foram resgatados com vida.

    Por Redação
    A-A+

    Publicado: 16/09/2019 às 17h27min | Atualizado 16/09/2019 às 17h48min

    As oito vítimas que estavam na aeronave de pequeno porte que caiu, nesta segunda-feira (16), nas proximidades do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, na Zona Oeste de Manaus, foram resgatadas com vida.

    Segundo informações repassadas por familiares no local, as vítimas são servidoras do Estado, da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) e da Secretaria de Estado de Trabalho (Setrab). O grupo foi resgatado por ambulâncias e levado para os hospitais 28 de Agosto, Platão Araújo e Delphina Aziz.

    A reportagem aguarda nota do governo do Estado sobre o ocorrido. Ainda não há informações sobre o estado de saúde das vítimas ou a confirmação do destino da aeronave, que segundo fontes extraoficiais seria o município de Maués (AM).

    No local, familiares confirmaram o nome de alguns passageiros como sendo:

    • Francisco Pereira de Souza
    • Vana Agostinho de Mota
    • Dilson Marcos Kowaski
    • Ricardo Coba
    • Dário Teixeira Souza

    SAIBA MAIS:

    VÍDEO: Avião cai nas proximidades do Aeroporto de Manaus

    Acidente

    O avião é uma aeronave bimotor Cessna Caravan C202 de responsabilidade da empresa Two Linhas Aéreas. A reportagem procurou a empresa por meio de ligações telefônicas, mas foi informada por funcionário que a Two Linhas Aéreas não se posicionará sobre o assunto no momento.

    A suspeita é que o avião tenha tentado realizar um pouso forçado após um forte vento ter atrapalhado a decolagem por volta das 13h desta segunda (16).

    O resgate contou com o apoio do Corpo de Bombeiros e de um helicóptero do Departamento Integrado de Operações Aéreas (DIOA). (Com informações de A Critica)

    VEJA OS VÍDEOS DOS RESGATES



    Escreva um comentário