porto velho - ro, 12 Setembro 2019 21:02:03
    Diário da Amazônia

    Júri de empresários acusados de matar empregado é adiado

    O crime aconteceu no dia 19 de fevereiro de 2014, no bairro Liberdade, zona norte de Porto Velho. O julgamento seria hoje, dia 25.

    Por Redação
    A-A+

    Publicado: 25/07/2019 às 16h05min | Atualizado 25/07/2019 às 16h07min

    O Juiz do 2º Tribunal do Júri da Comarca de Porto Velho adiou o julgamento, que seria realizado hoje, 25, sobre o caso dos empresários Clóvis Dias Paião e Eliclezia Rodrigues de Aguiar. Eles são acusados de assassinar, José Brasil Reis, que era empregado na empresa deles.

    O adiamento deu-se a pedido da defesa, uma vez que compareceu no júri somente a ré Eliclezia Rodrigues; já o réu Clóvis Dias, por estar em tratamento de saúde, não se apresentou. O crime aconteceu no dia 19 de fevereiro de 2014, no bairro Liberdade, zona norte de Porto Velho.

    Saiba mais: Empresários acusados de matar empregado serão julgados dia 25

    O crime aconteceu no dia 19 de fevereiro de 2014, nas dependências da empresa Novidades Comércio e Representações Ltda., situada na Avenida Rafael Vaz e Silva, 3692, Bairro Liberdade (Distribuidora Novidades), em Porto Velho. Os réus respondem em liberdade ao processo criminal.

    Conforme narra a pronúncia, os réus Clóvis Dias Paião e Eliclézia Rodrigues de Aguiar forjaram um assalto na empresa para assassinar o empregado José Brasil Reis, o qual mantinha um relacionamento extraconjugal, por mais de um ano, com a ré Eliclézia. Inclusive, em depoimento, Eliclézia confirmou à autoridade policial que mantinha o caso com a vítima.



    Escreva um comentário