Porto Velho/RO, 15 Agosto 2020 03:53:53
Diário da Amazônia

Preservação de patrimônio em debate

Representantes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (Ifro) discutiram parceria para preservação de..

Por Assessoria
A- A+

Publicado: 24/02/2017 às 05h55min

Representantes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (Ifro) discutiram parceria para preservação de patrimônio histórico documental do estado de Rondônia. Na reunião realizada na última semana, participaram servidores da Pró-Reitoria de Extensão, do Campus Ji-Paraná ligados ao Núcleo Informatizado de Memória e Pesquisa (Nimpi), e do governo do Estado estavam presentes o superintendente da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer, Rodnei Paes, e a diretora do Museu da Memória Rondoniense, Ednair Rodrigues Nascimento.

A parceria a ser firmada, entre outros objetivos, busca preservar patrimônio histórico documental por meio de tecnologia de digitalização e criação de banco de dados, especialmente documentos do Museu Palácio da Memória de Rondônia. Segundo o chefe do Departamento de Extensão do Campus Ji-Paraná, Fernando Ferreira Pinheiro, “preservar nossa história também é um papel social e o uso das tecnologias faz com que possamos disseminar isso de forma global por meio da internet”. A avaliação é compartilhada pelo coordenador do Núcleo Informatizado de Memória e Pesquisa, Lourival Inácio Filho. Para ele, “a importância da preservação documental histórica em Rondônia por meio de tecnologias de digitalização, busca e acesso, vai além do historicismo destas fontes. Democratizá-las significa por um número maior de pesquisadores diante do desafio da crítica pertinente”. Do projeto em Ji-Paraná também participa o professor Juliano Fischer Naves, que é o responsável pela tecnologia de armazenamento e busca de informação.

A coordenadora de Integração Escola e Sociedade/Proex, Michele Noé, explica que Ifro e governo Estadual buscam formas de democratizar ainda mais a informação e preservar o patrimônio histórico regional, facilitando o acesso a dados primários de pesquisas históricas. (AI)



Deixe o seu comentário