porto velho - ro, 19 Agosto 2019 10:38:15
Variedades

Netflix critica ‘desafio Bird Box’: ‘Não se machuquem’

Em vídeos, pessoas com os olhos vendados acabam sofrendo alguns incidentes; plataforma de streaming alertou sobre cuidado

Por Estadão Conteúdo
A- A+

Publicado: 03/01/2019 às 16h42min | Atualizado 03/01/2019 às 17h16min

Desde o lançamento de Bird Box, na Netflix, muitos memes surgiram na internet, os quais brincam com os nomes dos garotos que acompanham Malorie e com situações que seria melhor não ver. Porém, houve quem entrasse no ‘desafio Bird Box’, o que motivou a plataforma de streaming a emitir um comunicado.

Vídeos publicados no Twitter ou no YouTube com a hashtag #BirdBoxChallenge mostram pessoas tentando fazer atividades do dia a dia com os olhos vendados.

Foto: Netflix/Divulgação / Estadão Conteúdo

Alguns se arriscam a andar pelas ruas sem ver e prolongam o desafio por 24 horas. O filme fez tanto sucesso que, em sete dias, Bird Box foi visto por 45 milhões de assinantes e bateu record da Netflix.

Em seu perfil oficial no Twitter, a plataforma deixou um alerta para os que aceitam o desafio. “Não acredito que tenho de dizer isso, mas: por favor, não se machuquem com o desafio Bird Box. Nós não sabemos como começou, e apreciamos o amor [pelo filme], mas o Garoto e a Garota têm apenas um desejo para 2019 e é que vocês não acabem em um hospital por causa de memes”, disse nota.

Confira abaixo alguns dos resultados do desafio:

 

Casa de Bird Box vira atração turística

Alerta de pequeno spoiler nesse trecho. Os fãs do filme estrelado por Sandra Bullock tiveram outra atitude inusitada: transformar uma casa, em uma cidade da Califórnia, em ponto turístico. Isso porque a propriedade é a mesma que aparece no longa metragem, onde Malorie e outras pessoas da trama se refugiam da criatura que provoca suicídios.

Localizada em Monrovia, a residência tem sido alvo de visitantes todos os dias, que chegam para tirar fotos, inclusive com os olhos vendados. A dona da casa afirmou ao site TMZ que as pessoas são educadas e algumas pedem permissão para fotografar. Ela recebeu US$ 12 mil para ter sua propriedade utilizada nas filmagens de Bird Box.

 



Escreva um comentário