porto velho - ro, 11 Dezembro 2018 19:54:11

Léo Ladeia

coluna

Publicado: 21/11/2018 às 14h53min

A- A+

É muito rolo e envolve a corrupção ativa e passiva

FRASE DO DIA: “Temos que odiar o pecado, mas não podemos odiar o pecador. Temos que sancionar aquele que cometeu ilícito, mas não..

FRASE DO DIA:

“Temos que odiar o pecado, mas não podemos odiar o pecador. Temos que sancionar aquele que cometeu ilícito, mas não odiá-lo. Não vilipendiar aquela dignidade humana que ele possui, porque aquela é a nossa dignidade humana.” – Ministro Dias Toffoli

1-Pedágio

A PF está em Ji-Paraná para uma visita à Prefeitura. Nas mãos levam 14 mandados judiciais para busca e apreensão e 10 mandados de prisão preventiva. Tudo começou com a suspeita do TCU de que na Secretaria de Administração e Setor de Licitações e Contratos havia cobrança de propina, o “pedágio”, que deu nome à operação. É muito rolo e envolve a corrupção ativa e passiva, concussão, peculato, lavagem de dinheiro, fraude a procedimentos licitatórios, falsidade ideológica, organização criminosa e blá!

2-Quem tem põe…

Se você compra um imóvel na planta e obra atrasa, você tem que brigar na justiça. Se desistir da compra, perde 20% do valor pago. Mas nada é tão ruim que não possa ser piorado e “seus problemas se acabaram-se” com a lei “tabajara”: se você desistir, vai perder só 50% e se a obra atrasar por 6 meses, a lei garante que a empresa não sofre nada. É fruto de lobby no Congresso. Aí o Zé de Nana saiu-se com mais uma: “quem tem põe, quem não tem tira e a gente não teve tempo de tirar antes.” Ah, Congresso…     

3-Quem não tem tira…

O Câmara dos Deputados aprovou a MP 846/18, que vai destinar recursos ao FNSP-Fundo Nacional de Segurança Pública e criar a loteria via internet, mercado de R$ 4,3 bilhões dos sites estrangeiros que não deixam nada para o país. E não é só, com nova distribuição das apostas: FNSP e  Funpen –Fundo Penitenciário Nacional ficarão com 9,4% da arrecadação bruta (25,8% da líquida) das loterias atuais. Em valores de 2016, cerca de R$ 1,2 bilhão já a partir de 2019 sem contar com a nova Lotex. A divisão vai permitir ações do ministro da Justiça e por óbvio está sendo chamada de LotoMoro.

 

4-Aécio: de volta aos inferninhos do Rio  

Agora, passadas as eleições, nossa Supimpa Corte que havia decidido não processar o “Mineirin da Zona Sul” voltou atrás e pimba! Aécio vai enfim ser julgado e sabe Deus quando, pois há prazos, recursos, etc., etc,. Claro que agora noutra situação. Aécio foi recepcionado pelo TSE como ficha limpa e com as vestes e a aura dos cândidos, foi à luta e ganhou a vaga de deputado federal pelas Minas Gerais. Com foro privilegiado tem presença garantida nas noites do Rio para varias atividades. Ele é do balacobaco!

5-Do “Mané” para o Capitão

Votei no Bolsonaro até por falta de opção e, portanto, tenho razões para reclamar. Seu argumento de que “nem é réu ainda” sobre os indicados a ministros com pendências judiciais difere da campanha e, caso fossem réus, não estariam por perto. Foi isso o que ele disse para seu eleitor. Estão na condição de investigados as seguintes figuras do Bolsonaro: Paulo Guedes, Ônix Lorenzoni, Luiz Mandetta, e Tereza Cristina. De onze, quatro estão no poleiro sujo. E indo direto ao ponto, acusação robusta no Brasil é sentença de primeiro grau capitão, pois no STF a coisa vira. Qualquer “Mané” sabe.       

leoladeia@hotmail.com

 


Escreva um comentário

sobre Léo Ladeia

Leo Ladeia é baiano de Itororó, torcedor do Bahia ou um pau rodado que apoitou por aqui. Começou como radialista na Rádio Vitória Régia aos 55 anos. Apresentou o programa Lendas do Rock na rádio Parecis. Na SIC TV como aqui no Gente de Opinião Léo Ladeia fez de tudo. Astronauta, boy, pintor, poeta e pedreiro. Mutante, gosta de experimentar e de desafios, atualmente Ladeia está trabalhando no Rede TV Rondônia, canal 17,do Sistema Gurgacz de Comunicação.

Arquivos de colunas