porto velho - ro, 21 Agosto 2019 20:25:29

Léo Ladeia

coluna

Publicado: 30/04/2019 às 15h16min | Atualizado 30/04/2019 às 15h20min

A- A+

Por aqui os corruptos mantêm o povo deseducado no cabresto

“Vamos mostrar como a Câmara e o governo trabalharão de forma conjunta e harmônica, respeitando a independência dos poderes” –..

“Vamos mostrar como a Câmara e o governo trabalharão de forma conjunta e harmônica, respeitando a independência dos poderes” – Rodrigo Maia

1-Zero Dois matou a pau

Cometer o mesmo erro sempre e esperar por um resultado diferente é loucura, mas a política não é cartesiana. Carlos Bolsonaro, o Zero Dois, de forma extra oficial  meteu-se com a comunicação do pai e com repetidos estragos, mas “cometeu uma lucidez” dizendo: “Vejo uma comunicação falha há meses da equipe do Presidente. Tenho literalmente me matado para tentar melhorar”. O mestre Claudio Dantas o seguiu: “Se o governo não levar a sério a comunicação, ele vai literalmente se matar”. De perto ninguém é normal mas entre os Bolsonaro mesmo de longe se percebe e exemplifico.       

2-Comunicação hermética

Semana passada Bolsonaro mandou que o Banco do Brasil retirasse uma propaganda do ar extrapolou com redução nos juros. Desmentiu o secretário da receita que falou em tributar igrejas e atravessou Sérgio Moro: “…uma maneira de combater a violência no campo é fazer com que, ao defender sua propriedade ou sua vida, o cidadão de bem entre no excludente de ilicitude”. A tal propaganda custou R$17 milhões e foi pro  lixo. Com a graça dos juros o Banco do Brasil perdeu valor na Bolsa e o MPF brecou o excludente. “De perto ninguém é normal”. E com Bolsonaro de longe também não.

3-De novo o STF…

Vamos considerar aquela regrinha geral: toda empresa abate de seus tributos o valor que foi pago na etapa anterior. Isto posto vamos tentar entender como o STF construiu uma excepcionalidade fiscal. Empresas que comprarem insumos da Zona Franca de Manaus terão direito de abater de seu imposto os créditos do IPI que não foram pagos na compra dos materiais, pois a Zona Franca tem isenção e aí o buraco é mais fundo. O STF deve ter motivos para abrir um rombo no orçamento da ordem de R$ 20 bilhões a 30 bilhões por ano. Acho que “uzómi” se atrapalharam nas contas. De novo, o STF…

4-Maduro, o malvado

A cena de blindados venezuelanos avançando para atropelar cidadãos venezuelanos só mostra o grau de barbárie que um louco no poder pode fazer a um país. A história é cíclica e lembra o massacre na Praça da Paz Celestial em 1989. A cena é impensável no Brasil. Por aqui os corruptos mantêm o povo deseducado no cabresto para matar de doenças, fome, desalento e miséria. Tudo limpo, sem brigas, sem sangue.   

5-Casa Civil sob nova direção

Depois de mostrar competência gerenciando a agenda do candidato Marcos Rocha na campanha e depois, aparando arestas na Assembléia Legislativa, o publicitário Junior Gonçalves alçou um vôo bem mais alto e acaba de pousar no gabinete da Casa Civil e se torna assim o segundo chefe da importante pasta. Não é uma tarefa fácil, mas torço para que se saia bem. Para o seu bem, do governador e do governo e para todos nós.    

leoladeia@hotmail.com


Escreva um comentário

sobre Léo Ladeia

Leo Ladeia é baiano de Itororó, torcedor do Bahia ou um pau rodado que apoitou por aqui. Começou como radialista na Rádio Vitória Régia aos 55 anos. Apresentou o programa Lendas do Rock na rádio Parecis. Na SIC TV como aqui no Gente de Opinião Léo Ladeia fez de tudo. Astronauta, boy, pintor, poeta e pedreiro. Mutante, gosta de experimentar e de desafios, atualmente Ladeia está trabalhando no Rede TV Rondônia, canal 17,do Sistema Gurgacz de Comunicação.

Arquivos de colunas