Porto Velho/RO, 14 Outubro 2020 10:41:51

SolanoFerreira

coluna

Publicado: 14/10/2020 às 08h41min | Atualizado 14/10/2020 às 10h41min

A-A+

A importância do voto para reestruturação dos municípios

A pandemia do novo coronavirus causou grande perda à economia mundial. O Brasil também atravessa momento delicado devido aos efeitos..

A pandemia do novo coronavirus causou grande perda à economia mundial. O Brasil também atravessa momento delicado devido aos efeitos negativos, inclusive com o fechamento de diversos pontos de trabalho e emprego. Esses prejuízos ainda levarão anos para serem recuperados e ter o reestabelecimento. Outro efeito devastador tem sido com a credibilidade das coisas e das pessoas. A política sente essa rejeição no momento em que os candidatos saem às ruas em busca de votos. A receptividade também mudou nesse período de pandemia.

As eleições estão perto de acontecer e o povo brasileiro escolherá prefeitos, vices-prefeitos e vereadores nos 5.570 municípios para representar e governar 211 milhões de habitantes nessa nação. O tempo curto, os poucos debates e menor corpo-a-corpo são fatores que devem interferir no processo de escolhas. Nessas eleições, os eleitores terão menos discernimentos do que em eleições anteriores. É esperar para ver que tipo de surpresas teremos, apesar de torcermos para que sejam boas e agradáveis surpresas que o tempo revelarão.

A atenção com as escolhas será fundamental para a recuperação econômica dos municípios. Nesse momento, o jogo de interesses pessoais pode comprometer a reestabilização e, nesse caso, o quanto mais os interesses forem pela coletividade, melhor será para o futuro não distante. As habilidades dos eleitos para compreender a dinâmica da economia, de mercado e da gestão pública serão essenciais para constituir ações e tarefas que possam promover a resgate econômico dos diversos segmentos, a redução dos gastos na gestão pública, estimulo à geração de emprego e renda, redução da informalidade e muitos outros elementos da condução de municípios.

O voto será muito mais precioso porque representará um momento de alto risco para as sociedades. Assim, as instituições representativas e sociais devem proceder de modo a oferecer ao cidadão parâmetros que possam auxiliar nas escolhas. Cada uma em suas respectivas áreas podem contribuir coma democracia denunciando, alertando e orientando para o voto consciente e responsável. 


Deixe o seu comentário

sobre Solano Ferreira

Editor-Chefe do Diário da Amazônia. Comunicador Social e Marketing/ Mestre em Geografia. Atua na Gestão Estratégica e Gerenciamento de Crise.

Arquivos de colunas