porto velho - ro, 01 Novembro 2019 19:15:24

    SolanoFerreira

    coluna

    Publicado: 16/10/2019 às 10h02min | Atualizado 17/10/2019 às 10h30min

    A-A+

    Ações imediatas precisam conter o crime organizado

    A articulação da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa cobrando ações imediatas contra as facções criminosas é..

    A articulação da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa cobrando ações imediatas contra as facções criminosas é desejo que a sociedade de Rondônia tem de imediato. A sensação de insegura é enorme. Bandidos com tornozeleiras têm a facilidade de cometer novos crimes e perambular de um lado para o outro demonstrando que o sistema está sem controle. Todos querem respostas quanto as soluções urgentes e rigorosas para conter a crescente violência.

    Os líderes das organizações criminosas agem de dentro dos presídios dando ordens aos comparsas que estão do lado de fora. E os que estão ‘livres’ aplicam o terror com assaltos, invasão a residências, violências das mais diversas que fazem o círculo sem fim do prende, solta e apronta de novo. Como os aparelhos de comunicação entram nos presídios? De onde vem as facilidades para o líderes continuarem no comando do crime? Que sistema é esse que não consegue cumprir o dever? São apenas algumas das respostas que não apenas os deputados esperam, mas toda a sociedade rondoniense quer saber.

    Não dá para viver em paz e ter uma rotina normal em meio a tamanha insegurança. A ausência de políticas públicas ou a falha das políticas existentes precisam de soluções imediatas, porque o cidadão está preso em casa e refém da insegurança. Que as autoridades a serem convocadas pelos deputados não levem apenas justificativas, mas também projetos para soluções imediatas e com rigor contra o crime organizado. É preciso agir rápido antes que se perca o controle como vem ocorrendo em outros Estados.


    Escreva um comentário

    Arquivos de colunas