Porto Velho/RO, 11 Dezembro 2019 22:35:20

    SolanoFerreira

    coluna

    Publicado: 05/11/2019 às 10h01min | Atualizado 05/11/2019 às 10h05min

    A-A+

    Brasil tem 5 milhões de pessoas superendividadas

    O superendividamento da população brasileira é resultado de uma política econômica que estimula o consumismo, aplica taxas de juros..

    O superendividamento da população brasileira é resultado de uma política econômica que estimula o consumismo, aplica taxas de juros exorbitantes e não promove a educação financeira da população. O Projeto de Lei nº 3.515/15, que tramita na Câmara dos Deputados, tem como objeto a aplicação de medidas educativas que ajudem a população a consumir sem afundar em dívidas.

    Tudo que se compra a prazo nesse país, se paga muitas vezes mais. A exemplo, o financiamento de um veículo novo pode custar o equivalente a duas vezes e meia o valor do bem, dependendo do tipo de negociação aplicada na aquisição. Esse tipo de situação ocorre porque o consumidor brasileiro observa apenas o valor das parcelas e não o conjunto do negócio.

    O cartão de crédito e o limite do cheque são outras armadilhas terríveis para o endividamento do cidadão. Atualmente as taxas de juros nessas linhas chegam em média a 300% ao ano. Simplesmente incabível. Isso corroe o bolso do cidadão, afunda as famílias em dívidas e cria um mecanismo econômico fantasioso que mascara o crescimento econômico.

    O governo brasileiro precisa adotar modelos econômicos mais justos que possam estimular o consumo, a geração de empregos e dar um legítimo crescimento para a economia. Caso contrário continuará no jogo de faz de contas e o consumidor trabalhando para pagar juros e adoencendo por causa das angústias causadas pelo endividamento elevado.


    Deixe o seu comentário

    Arquivos de colunas