Porto Velho/RO, 12 Setembro 2020 08:46:24

SolanoFerreira

coluna

Publicado: 12/09/2020 às 08h46min

A-A+

Jornalismo regional e a integração mundial em rede

O jornalismo passa por profundas transformações com o avanço tecnológico e o domínio das mídias sociais eletrônicas. Nunca a..

O jornalismo passa por profundas transformações com o avanço tecnológico e o domínio das mídias sociais eletrônicas. Nunca a humanidade consumiu tantas informações como vem ocorrendo. Porém, a qualidade do que chega na palma da mão, vem fazendo com que o receptor seja mais criterioso na seleção e consumo da informação. A vulgarização da informação com o número elevado de notícias falsas, as ‘fakes news’, promoveu o resgaste do jornalismo como produto de informação e comunicação social.

A credibilidade do jornalismo frente aos conteúdos sem origens tem motivo técnico relevante. Um veículo de comunicação profissional, de qualquer natureza ou de qualquer tipo de mídia, antes de divulgar qualquer fato, busca os princípios do fato, faz checagem da informa e da fonte, busca elementos informativos contundentes e aprimora a notícia com abordagem crítica e construtiva. Esses detalhes são imprescindíveis e somente assim é possível levar ao público receptor a informação com coerência e credibilidade.

A era digital também está promovendo mudanças em estilos. O jornalismo vem segmentando não apenas por tipo de mídia, mas por área de cobertura e de abordagem. Vem se tornando parcial em busca de um público definido e cativo. Essa tendência é mundial e até os grandes meios de comunicação vem inserindo em suas editorias linhas especificas de abordagens para que possam ter maior aprofundamento. Os canais livres e pessoais são os que mais rápido penderam para essa realidade de mercado. 

Mesmo assim, ainda restam remanescentes da imparcialidade que buscam ouvir todos os lados envolvidos no fato, dá voz a quem tem motivos para falar e expor, e traça paralelos de maneira que o público passa ter melhor discernimento da notícia e da informação consumida. Por tantas razoes, o jornalismo profissional continuará por longo tempo sendo útil para a democracia e para a sociedade, de forma que possa estimular as pautas do desenvolvimento sustentável. 


Deixe o seu comentário

sobre Solano Ferreira

Editor-Chefe do Diário da Amazônia. Comunicador Social e Marketing/ Mestre em Geografia. Atua na Gestão Estratégica e Gerenciamento de Crise.

Arquivos de colunas